Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Muricy cita processo de espera por Arouca e Ganso para 1 semifinal

Titulares absolutos do Santos, o volante Arouca e o meia Paulo Henrique Ganso não têm presença garantida contra o Corinthians, na próxima quarta-feira, na Vila Belmiro, na partida de ida das semifinais da Libertadores. Com os dois jogadores em recuperação, Muricy Ramalho destacou que o momento requer paciência para avaliar a evolução do quadro clínico de cada um, sem precipitar o retorno deles à equipe.

‘Eles estão trabalhando duro para voltar. O Ganso está fazendo fisioterapia três vezes por dia, enquanto o Arouca começou a mexer com bola ontem (quinta) e ainda precisa cuidar do aspecto físico. Não podemos ter pressa. Não adianta o atleta estar recuperado da lesão sem estar fisicamente bem para jogar’, afirmou Muricy, cauteloso sobre as chances de contar com a dupla na Vila.

Recuperado de um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda, o volante tem evoluído satisfatoriamente e deve reforçar o Peixe na quarta-feira. Já Ganso, que passou por artroscopia no joelho direito há duas semanas, tem poucas chances de atuar no confronto na Vila. Para o duelo de volta, no dia 20, no Pacaembu, o camisa 10 tem mais possibilidades.

‘Estamos em um processo de espera. É difícil falar se eles vão estar em campo no primeiro jogo ou não. Dependemos da resposta deles, primeiro, e depois de um posicionamento do departamento médico’, comentou o treinador.

Se por acaso Arouca e Ganso forem vetados para enfrentar o Corinthians, na Vila Belmiro, Muricy Ramalho deverá escalar Maranhão e Alan Kardec como os seus substitutos, respectivamente.

Com a entrada de Maranhão na lateral direita, o volante Henrique seria escalado em sua posição de origem, ao lado de Adriano na cabeça de área. Enquanto isso, Kardec seria improvisado na função de ‘maestro’ do Santos, com Borges formando o ataque ao lado de Neymar. Léo também é cotado para jogar na vaga de Paulo Henrique Ganso.