Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mourinho nega provocação ao Barça e diz que elogiou rival

O técnico José Mourinho, como tem virado costume, voltou a falar sobre o Barcelona após a vitória do Real Madrid por 5 a 1 sobre o Ponferradina, pela Copa do Rei. Em entrevista coletiva, o treinador disse que não quis provocar o rival ao dizer que o mesmo jogou ‘partidinhas’ no Mundial de Clubes, e sim elogiar o Barça.

Ao saber dos comentários, o lateral direito adversário, Daniel Alves, disse que falta humildade a ele, colocando as palavras de Neymar, de que teria recebido uma ‘aula’ dentro do gramado, como exemplo do que ‘nunca iria sair da boca de Mourinho’.

‘Quando disse isso na segunda-feira estava elogiando um grande adversário. Disse que ganharíamos fácil qualquer campeonato do mundo e era para elogiar a minha equipe e a outra equipe, que é a campeã da Espanha e que também ganhou a última Champions’, comentou o português.

Para o comandante, Cristiano Ronaldo, Ozil, Di María, Kaká e companhia conseguiriam um reconhecimento muito maior caso não tivessem de enfrentar os catalães em todas as competições que disputam.

‘Nós somos muito bons e estamos realizando nosso trabalho muito bem. Se fosse outro campeonato (que não o Espanhol), teríamos dez pontos de vantagem e seríamos campeões, mas estamos em um campeonato em que não é suficiente o que fizemos na ultima temporada. Veremos se será suficiente o que estamos fazendo nesta’, encerrou.