Clique e assine a partir de 8,90/mês

Morte de Senna é revisitada após divulgação de vídeo amador

Thomas Gronvold, torcedor que estava nas arquibancadas de Ímola em 1994, publicou registros da corrida que vitimou o ídolo brasileiro

Por Da redação - 10 fev 2017, 12h23

Depois de quase 23 anos da morte do ídolo Ayrton Senna, seu acidente fatal em Ímola, na Itália, voltou aos holofotes. Nesta semana, foram postados novos vídeos do dia do acidente que matou o piloto brasileiro. As imagens foram gravadas por um fã que estava na arquibancada em Ímola.

Thomas Gronvold assistiu o Grande Prêmio de San Marino, em maio de 1994, e gravou diversos momentos do fatídico final de semana. O fã então decidiu digitalizar as imagens e disponibilizá-las no YouTube, dividindo-as em momentos específicos do dia, como os aquecimentos e treinos antes da corrida.

Foram diversos incidentes dentro de um mesmo GP. Além da morte de Senna, ao bater na curva Tamburello, o brasileiro Rubens Barrichello sofreu um grave acidente ao capotar na Variante Bassa. No sábado, o austríaco Roland Ratzemberger faleceu após bater na curva Villeneuve durante o treino classificatório – acidente que, na época, entristeceu e revoltou Senna, que defendeu o cancelamento da prova.

O vídeo foi analisado pelo portal britânico WTF1, especializado em Fórmula 1. Nas imagens que retratam o dia de treinos, é possível observar o helicóptero que levava Ratzemberger para o Hospital Maggiore de Bolonha. Já no vídeo do dia da corrida, Gronvold registrou o momento em que a prova foi paralisada com a bandeira vermelha, que indicava o acidente de Senna. A comemoração da torcida com a vitória de Michael Schumacher também é ponto importante da gravação.

Continua após a publicidade
Publicidade