Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Morre técnico campeão da Copa América de 1995 com o Uruguai

Por Da Redação 20 dez 2011, 08h54

Morreu na noite desta segunda-feira em Madri, na Espanha, o técnico Hector Nuñez, que comandou a seleção do Uruguai na conquista da Copa América de 1995. A causa da morte não foi divulgada, mas o ex-treinador vinha enfrentando uma longa doença.

Nuñez começou a sua trajetória no futebol como jogador e foi revelado pelo Nacional, de Montevidéu. Posteriormente, ele atuou na Espanha, defendendo o Valencia e o Mallorca. Após se aposentar, o uruguaio iniciou nos anos 80 sua longa carreira como treinador. Entre os clubes que dirigiu estão os espanhóis Atlético de Madri, Valencia e Tenerife, o saudita Al Nassr e o próprio Nacional.

Em seleções, Nuñez dirigiu a Costa Rica, mas teve seu momento de maior destaque à frente da equipe de seu país, entre 1994 e 1997. Um ano após assumir a Celeste Olímpica, o treinador rompeu uma seca de oito anos sem títulos com a conquista da Copa América.

Na final, disputada no Estádio Centenário, em Montevidéu, o Uruguai enfrentou o Brasil, que vinha do título da Copa do Mundo do ano anterior, nos EUA. Após um empate por 1 a 1 no tempo normal, o time da casa venceu a disputa por pênaltis por 5 a 3, aproveitando o erro do atacante Túlio na única cobrança desperdiçada pelos brasileiros.

Após aquele título o Uruguai ficou 16 anos sem conquistar um título, jejum que foi encerrado neste ano, com a conquista da Copa América na Argentina. Um ano antes, a Celeste Olímpica chegou à semifinal na Copa do Mundo, feito que não alcançava desde 1970.

Continua após a publicidade
Publicidade