Clique e assine a partir de 8,90/mês

Mo Farah faz história e conquista outro bicampeonato

Fundista britânico torna-se o segundo atleta na história a ser bicampeão nos 5 000m e nos 10 000m

Por Da Redação - Atualizado em 20 ago 2016, 23h37 - Publicado em 20 ago 2016, 23h20

O fundista britânico Mo Farah, de 33 anos, conquistou nesta noite de sábado no Estádio do Engenhão um feito raríssimo na história olímpica: o bicampeonato consecutivo nas provas de 5.000m e de 10.000m do atletismo.

Apenas o finlandês Lasse Viren, nas Olimpíadas de Munique, em 1972, e de Montreal, em 1976, havia conseguido vencer as duas principais provas de fundo do atletismo de pista em edições consecutivas dos Jogos.

Neste sábado, Mo Farah venceu a prova dos 5.000 m da Olimpíada do Rio com o tempo de 13min03s30. Ele esteve à frente do pelotão de corredores a partir dos 3.000m, mas garantiu a vitória com uma arrancada na última volta de 400m, em particular na reta final, superando o americano Paul Chelimo por 0,6 segundo. O americano, no entanto, foi desclassificado. A medalha de prata ficou com o etíope Hagos Gebrhiwet, com 13min04s35, e a de bronze, com o americano Bernard Lagat, com 13min06s78. Há uma semana, Farah havia vencido a prova dos 10.000m.

Com o duplo bicampeonato olímpico, Farah ingressa de vez no seleto grupo dos maiores fundistas da história. Ele é ainda o atual tricampeão mundial dos 5.000m e bicampeão dos 10.000m. Ele nasceu na Somália, mas se mudou com os pais para a Grã-Bretanha quando tinha oito anos de idade.

Continua após a publicidade
Publicidade