Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mesmo absolvido pelo STJD, Carlinhos Paraíba deve desfalcar São Paulo

O volante Carlinhos Paraíba foi julgado e absolvido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta quinta-feira e estaria livre para defender o São Paulo contra o Santos, domingo, em Mogi Mirim. Mas o jogador está sem treinar há pouco mais de duas semanas por causa de uma entorse no tornozelo direito e dificilmente estará em campo.

Carlinhos havia sido suspenso por duas partidas devido à expulsão no San-São do primeiro turno, na Vila Belmiro, mas continuou atuando por conta de um efeito suspensivo. O departamento jurídido tricolor entrou com recurso para reaver a punição e o atleta foi absolvido por unanimidade em seu segundo julgamento.

O camisa 20 cumpriu apenas a suspensão automática pelo cartão vermelho e, caso a pena não fosse revista, ficaria fora de mais um jogo. Ele estava enquadrado no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por ‘prática de ato desleal ou hostil’ – foi expulso no confronto no litoral paulista ao receber o segundo cartão amarelo após cometer falta no lateral esquerdo Léo.Carlinhos terá as férias reduzidas caso não se recupere até o fim desta semana, já que precisaria dar sequência ao tratamento nos primeiros dias de folga. Na manhã desta quinta-feira, o volante esteve no Reffis, ao lado de Rogério Ceni, que tem se poupado para diminuir as dores no tornozelo esquerdo, e Cañete, em recuperação de cirurgia no joelho direito.

Do trio, só Ceni deve ser escalado. Contundidos à parte, o único desfalque de Emerson Leão para a despedida da temporada em Mogi Mirim é Rivaldo, que cumprirá suspensão pelo cartão vermelho recebido na derrota para o Palmeiras, no domingo. Xandão e Lucas, que cumpriram gancho no Choque-Rei, estão à disposição.