Clique e assine com até 92% de desconto

Maurren faz um salto, garante melhor marca e vai direto para fisioterapia

Por Da Redação 6 ago 2011, 12h31

Com apenas um salto realizado neste sábado, Maurren Maggi avançou à final do salto triplo no Troféu Brasil de Atletismo com a melhor marca da prova. A atleta do São Paulo foi a última a saltar na primeira série de tentativas, alcançou 6,58m, distância não superada por nenhuma das concorrentes, e saiu da pista direto para realizar fisioterapia.

‘Para hoje esse salto foi suficiente. Vou até pedir desculpas porque não posso ficar com vocês que preciso ir fazer gelo na minha perna para amanhã’, afirmou a campeã olímpica em rápida conversa com os jornalistas. ‘Tenho que me cuidar, estou em um período de trenamentos que me deixou meio travada, e preciso fazer bonito amanhã para vocês virem me fazer perguntas difíceis’.

Quem chegou mais perto de alcançar Maurren foi Lucimara Silvestre, campeã do heptatlo, que saltou 6,47m e avançou à final da prova na segunda colocação. Eliane Martins, com 6,43m, foi a terceira melhor atleta da prova qualificatória.

Dentre as 12 atletas que avançaram à final do salto em distância, disputada neste domingo às 11h (de Brasília), dez são brasileiras. As outras duas competidoras que participarão da decisão, Daniela Pavez e Macarena Reyes, são chilenas e competem no Troféu Brasil de Atletismo a convite da Confederação Brasileira de Atletismo (Cbat).

Continua após a publicidade
Publicidade