Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Mano se preocupa com campo nos EUA e vê Ronaldinho sem foco

Por Da Redação 2 jun 2012, 22h12

A entrevista coletiva de Mano Menezes neste sábado foi pautada por assuntos distintos. Inicialmente, o treinador falou sobre o desafio da Seleção Brasileira neste domingo contra o México, mas também não fugiu de analisar o atual estágio de Ronaldinho Gaúcho, que deixou recentemente o Flamengo em função de problemas financeiros e abriu um novo ponto de interrogação em seu futuro.

Para o confronto contra os mexicanos, Mano Menezes está especialmente preocupado com o campo do Comboys Stadium, em Dallas. A grama da partida foi colocada às pressas e deve trazer problemas para as duas equipes.

‘Essa colocação da grama é feita para alguns eventos, não fica perfeita e podem interferir. Mas o fato de o piso estar fixo já ajuda um pouco’, comentou o treinador.

Mano Menezes evitou confirmar a escalação da Seleção, mas a tendência é que a formação inicial do jogo contra os Estados Unidos seja mantida diante dos mexicanos. Assim, a mudança aguardada no ataque – com Alexandre Pato na vaga de Leandro Damião – deve ocorrer somente no andamento do amistoso.

‘Vou esperar até o dia do jogo para tomar essa decisão. A tendência é pela manutenção da escalação porque os jogadores estão se recuperando bem fisicamente. Até agora, todos estão dando uma resposta positiva’, disse.

No fim da entrevista coletiva, Mano Menezes deixou de lado a postura de não comentar sobre nomes que estão fora da Seleção e falou sobre Ronaldinho Gaúcho, que chegou a ser um homem de confiança em seu trabalho. O treinador definiu que ‘questões paralelas’ prejudicam o meia, citando claramente as polêmicas fora das quatro linhas.

Portanto, Ronaldinho dificilmente irá retornar às convocações da equipe pentacampeã mundial, até porque o jovem Oscar está em alta com o treinador. Outra opção para o setor de armação é Paulo Henrique Ganso, que se recupera de uma cirurgia no joelho.

Continua após a publicidade
Publicidade