Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Mano convoca Ronaldinho para amistoso com Bósnia, mas deixa Kaká de fora

Por Da Redação 14 fev 2012, 12h38

Rio de Janeiro, 14 fev (EFE).- O técnico Mano Menezes confirmou o nome de Ronaldinho Gaúcho, do Flamengo, na lista de convocados para o amistoso contra a Bósnia, marcado para o próximo dia 28 de fevereiro, em St. Gallen (Suíça), enquanto o meia Kaká, do Real Madrid, ficou de fora.

Nesta terça-feira, Mano Menezes apresentou uma lista sem grandes surpresas e esclareceu que, após ter testado vários jogadores no último ano, chegou o momento de manter uma base dos jogadores que deverão estar na lista de convocados para a Copa do Mundo de 2014.

A lista de convocados para a partida contra a Bósnia também conta com oito atletas de idade olímpica (Sub 23), incluindo os atacantes Neymar (Santos) e Leandro Damião (Internacional), assim como os meias Paulo Henrique Ganso (Santos) e Lucas (São Paulo).

O técnico da seleção também assegurou que manteve Ronaldinho Gaúcho na lista de convocados por pensar a longo prazo e não somente no atual momento, já que o meia-atacante não atravessa uma boa fase no Flamengo.

‘Na primeira convocação dele, me perguntaram se era temporário. Estou me mantendo coerente com o que disse na época, que queria um projeto com o Ronaldinho’, afirmou Mano.

‘Fui cobrado sobre a manutenção da base e sempre disse que iria brindar isso na próxima etapa do trabalho. Então não posso mudar de cara. As coisas exigirão um período de tempo maior para serem mudadas. Serão mais estáveis. E isso vale para ele’, completou o treinador.

Apesar de finalmente apresentar uma sequência de jogos no Real Madrid, o meio-campo Kaká ficou de fora da seleção de Mano, que esclareceu que essa foi uma decisão sua. O treinador chegou a chamar o atleta em sua última convocação, porém, o brasileiro não pôde comparecer por conta de uma lesão.

‘Não tenho explicação para todo jogador que não faz parte da convocação, não deve ser essa a linha de trabalho. Tenho respeito pelo Kaká, mas é uma questão de opinião. São questões de avaliações. Talvez a sequência dele no Real Madrid tenha mostrado que ele não fez algo que eu queria ver’, declarou o treinador.

Uma das principais novidades na lista divulgada nesta terça-feira foi a inclusão do goleiro Rafael (Santos), que deverá ser substituto de Julio César (Inter de Milão) e Diego Alves (Valencia), ambos convocados.

Continua após a publicidade

Em sua primeira partida do ano, o técnico da seleção poderá contar com os melhores jogadores brasileiros, independente se o atleta estiver atuando na Europa ou não – algo que não ocorria desde o amistoso contra o México, realizado em outubro.

Segundo a programação da CBF, os convocados para a partida contra a Bósnia viajarão para Suíça dia 25 de fevereiro e devem realizar apenas um treino antes do compromisso.

Desde que Mano Menezes assumiu o comando da seleção, após a eliminação do Brasil na Copa da África do Sul, foram 12 vitórias, cinco empates e três derrotas (Argentina, França e Alemanha).

Confira a lista dos convocados para o amistoso:.

Goleiros: Julio César (Inter de Milão/ITA), Rafael (Santos) e Diego Alves (Valencia/ESP).

Laterais: Daniel Alves (Barcelona/ESP), Danilo (Porto/POR), Alex Sandro (Porto/POR), Adriano (Barcelona/ESP) e Marcelo (Real Madrid/ESP).

Zagueiros: David Luiz (Chelsea/ING), Dedé (Vasco), Thiago Silva (Milan/ITA) e Luisão (Benfica/POR).

Meio-campistas: Sandro (Tottenham/ING), Elías (Sporting/POR), Hernanes (Lazio/ITA), Paulo Henrique Ganso (Santos), Lucas (São Paulo) e Fernandinho (Shakhtar Donetsk/UCR).

Atacantes: Leandro Damião (Internacional), Ronaldinho Gaúcho (Flamengo), Neymar (Santos), Jonas (Valencia/ESP) e Hulk (Porto/POR). EFE

Continua após a publicidade

Publicidade