Clique e assine com até 92% de desconto

Mancini diz que empate foi uma ‘baita injustiça’ para o Ceará

Por Da Redação 11 set 2011, 21h04

O Ceará conquistava uma importante vitória sobre o Atlético-GO na tarde deste domingo, se distanciava da zona de rebaixamento e chegava perto da disputa por uma vaga na Copa Sul-americana. Um gol de Felipe, aos 42 minutos do segundo tempo, porém, fez o Vozão deixar o gramado do Presidente Vargas com um gosto amargo na boca.

Chateado com a oportunidade desperdiçada, o técnico Vagner Mancini fez questão de elogiar a atuação de seus comandados, que haviam aberto o placar aos 38 minutos de bola rolando, com um gol do lateral esquerdo Egídio.

‘Eu achei uma baita injustiça. O Ceará fez tudo, jogou bem e fomos castigados. O meu time fez aquilo que havia sido determinado nos treinamentos. É lamentável, pois não aproveitamos as oportunidades e fomos surpreendidos com o gol de empate no fim’, afirmou.

O comandante, que começa a ter seu trabalho à frente do Alvinegro contestado, focou as suas atenções nos próximos dois jogos da equipe, ambos fora de casa (contra o São Paulo, no Morumbi, e contra o Palmeiras, no Pacaembu).

‘Fica um sentimento difícil de administrar, mas bola para frente e vou focar nos próximos dois jogos fora de casa. Estou no futebol há mais de 20 anos e vamos encarar os dois jogos com muita seriedade. Vou colocar o melhor em campo’, encerrou.

Continua após a publicidade
Publicidade