Clique e assine a partir de 9,90/mês

Maikon Leite cobra reação: ‘Sul-americana é pouco para o Palmeiras’

Por Da Redação - 14 set 2011, 18h52

O recado do presidente Arnaldo Tirone foi entendido pelos jogadores do Palmeiras. Um dia depois da reunião com o mandatário, o elenco adotou o discurso de que o time não pode ficar fora da zona de classificação para a próxima Copa Libertadores da América.

‘Nós temos condições de buscar as vitórias. A Sul-americana é pouco para a grandeza do Palmeiras. Temos de buscar a Libertadores e estamos com chance ainda’, avaliou o atacante Maikon Leite.

Segundo o jogador, a reunião de terça com Tirone foi importante ao elenco. ‘Ele falou que está com a gente, mas que acendeu o alerta vermelho, não podemos ficar nessa situação’.

O Palmeiras ocupa o oitavo lugar no Brasileirão, com 34 pontos, o que só garante vaga para a próxima Sul-americana. Na conversa com os atletas, o presidente cobrou pelo menos a classificação para a Libertadores. Por isso, além de Maikon Leite, o meia Tinga também espera uma reação do clube.

Continua após a publicidade

‘Não podemos nos contentar só com a Sul-americana. O Palmeiras merece estar na ponta da tabela e vamos fazer o máximo para colocá-lo lá na frente’, comentou o meio-campista.

Publicidade