Clique e assine a partir de 9,90/mês

Luan volta a treinar e deve ficar no banco do Palmeiras

Por Da Redação - 9 jul 2012, 12h18

Por Daniel Batista

São Paulo – Numa recuperação surpreendente, o atacante Luan voltou a treinar normalmente na manhã desta segunda-feira, junto com os demais titulares do Palmeiras. Ao contrário dos 40 dias previstos pelos médicos, ele ficou 21 dias afastado por causa do estiramento muscular na coxa direita. Assim, deve ficar como opção no banco de reservas do Palmeiras na final da Copa do Brasil, na quarta, contra o Curitiba, na capital paranaense.

Um dos jogadores mais importantes do elenco palmeirense, Luan sofreu a contusão muscular durante o empate contra o Vasco, no dia 17 de junho, pelo Brasileirão. Desde então, vinha fazendo tratamento intensivo para se recuperar. O trabalho deu resultado e ele poderá defender o Palmeiras na grande final da Copa do Brasil – a tendência é que fique no banco, já que o técnico Luiz Felipe Scolari tem muitos desfalques.

Para enfrentar o Coritiba, o Palmeiras já não poderá contar com o meia Valdivia, suspenso, e o atacante Barcos, em recuperação de cirurgia. Além disso, corre o risco de perder também o atacante Maikon Leite, que saiu de campo contundido na noite de domingo, durante a derrota para a Ponte Preta pelo Brasileirão – ele fará exames na tarde desta segunda-feira para avaliar a gravidade do caso e pode ser desfalque.

Continua após a publicidade

Contando com a volta de Luan como opção no banco, o Palmeiras está praticamente definido para a final de quarta-feira: Bruno; Artur, Thiago Heleno, Maurício Ramos e Juninho; Henrique, Marcos Assunção, João Vitor e Daniel Carvalho; Mazinho e Betinho. Como venceu por 2 a 0 no jogo de ida, o time palmeirense pode perder por um gol de diferença no Estádio Couto Pereira para ficar com o título da Copa do Brasil.

Publicidade