Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Longe do ideal, Corinthians muda contra o Guaratinguetá

Por Vítor Marques

São Paulo – A falta de preparo físico que tirou o zagueiro Paulo André do time é o maior desafio do Corinthians, que visita o Guaratinguetá nesta quarta-feira, a partir das 22 horas, no estádio Dario Rodrigues Leite, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. Apesar da pré-temporada longa – os treinos começaram no dia 4 de janeiro – e dos amistosos de início de ano, o elenco corintiano ainda sofre com a falta de ritmo de jogo.

Alguns atletas, como Paulo André, sentem mais que os outros. E isso é um dos componentes que definem a formação do time titular, segundo explicou Tite. “Vejo que é importante repetir o time, mas há o limite físico, se não atrapalha, como é o caso do Paulo”, afirmou o técnico. O substituto de Paulo André será Chicão, que treinou entre os titulares nesta terça – Wallace seria a primeira opção, mas se chocou no treinamento e fraturou o nariz.

A falta de ritmo do time fez com que Tite projetasse um Corinthians melhor e mais bem preparado para daqui a um mês. “Temos uma margem de cinco a seis jogos para voltarmos a ter uma intensidade boa de jogo”, disse o treinador. “Nosso time precisa disso, tem essa característica”.

Tite repetiu nesta terça um pouco do discurso após a vitória apertada diante do Mirassol por 2 a 1, no último sábado. O fato de estar abaixo fisicamente em relação aos times do interior paulista foi uma das justificativas do técnico para explicar o mau desempenho da estreia no Paulistão. Os jogadores também concordaram com o treinador. “Para o primeiro jogo oficial da temporada está bom”, disse o atacante Emerson.

O objetivo do técnico é que todos jogadores do elenco corintiano atinjam 100% do condicionamento físico para a estreia da Copa Libertadores, no dia 15 de fevereiro, contra o Deportivo Táchira, na Venezuela.

O outro componente para escalar o time, segundo Tite, é de ordem técnica. Essa é a razão pela qual o treinador decidiu fazer outra mudança na equipe. Ele sacou o atacante Willian e decidiu jogar com mais um meia, Danilo, que volta a ser titular.