Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lesão afasta Tiago Camilo, mas judoca segue na briga por Londres

A Confederação Brasileira de Judô (CBJ) informou, neste domingo, por meio de um comunicado oficial, que os exames no judoca Tiago Camilo apontaram uma lesão ligamentar no ombro direito. A contusão ocorreu no último domingo durante as disputas do Grand Slam de Paris, na França. Ele também apresentou problemas de hérnia de disco na coluna cervical.

Tiago Camilo segue em tratamento intensivo, mas não poderá participar Grand Prix de Düsseldorf, na Alemanha, no próximo dia 18 de fevereiro. A previsão de retorno aos treinos é de 15 dias.

‘Tiago Camilo já está sendo submetido a dois períodos de fisioterapia por dia desde que voltou ao Brasil. Não é uma lesão que preocupa’, tranquilizou o médico Breno Schor, que acompanha a recuperação do atleta.

Mesmo com esse período de afastamento dos tatames, Camilo segue com chances de representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Londres, neste ano. ‘Agora é preciso ter calma, para voltar o quanto antes aos treinos’, comentou.

‘Não gosto dessa situação, mas agora é preciso trabalhar com segurança e calma, para que essa lesão não se agrave. Por isso, decidi não participar do Grand Prix de Dusseldorf e irei aproveitar os próximos dias para me recuperar’, declarou o judoca.

O atleta se mostrou otimista com o tratamento, embora algumas dores ainda o incomodem. ‘Já estou fazendo fisioterapia duas vezes por dia e o que mais incomoda são as contraturas musculares provenientes dessa lesão. Melhorando esse quadro, posso voltar aos treinos programados, até retomar a rotina de treinos normal. A evolução tem sido muito boa já nesses primeiros dias e estou muito otimista para voltar logo’, encerrou.