Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Léo Silva ameniza pressão no Galo e quer atenção com Neymar e Borges

Por Da Redação 12 out 2011, 18h45

O primeiro passo para o Atlético-MG conquistar a vitória diante do Santos, na próxima quinta-feira, é não tomar gols e, para isso, o zagueiro Leonardo Silva quer atenção total nos principais jogadores do Santos. Se levar em conta apenas as partidas do returno do Campeonato Brasileiro, o Galo passa a ser dono da melhor defesa da competição, com apenas sete gols sofridos.

Para manter os números favoráveis, o defensor atleticano frisa que Borges e Neymar terão que ter marcação especial. ‘Sabemos das qualidades do Neymar, do Borges, de toda a equipe do Santos. Temos que ter atenção na marcação para que as jogadas não sejam criadas.’

Leonardo Silva considera a partida contra o Peixe de alto risco para as pretensões do Atlético-MG de permanecer na elite do futebol brasileiro, por isso, o defensor procurar orientar os jogadores mais jovens dentro de campo para evitar que os atletas sintam a pressão do momento do Galo. O zagueiro frisa ainda que todo o elenco alvinegro tem ciência das dificuldades, mas que o grupo está unido em busca dos objetivos.

‘A gente procura ajudar da melhor maneira possível, orientando os mais jovens, fazendo com que isso não pese para que os jogadores não sintam a pressão. Nós procuramos conversar e orientar para que, dentro de campo, isso não possa atingir tanto. O grupo está bem consciente e ciente da responsabilidade que tem. Todos estão se unificando para que consigamos os resultados’, completou o zagueiro.

Continua após a publicidade

Publicidade