Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

LeBron doa US$ 2,5 mi para exposição sobre Muhammad Ali

Astro do basquete diz que o legado da lenda do boxe deve ser "reverenciado por todas as gerações"

Por da redação 17 nov 2016, 15h33

O astro da NBA LeBron James anunciou nesta quinta-feira que doou 2,5 milhões de dólares (8,5 milhões de reais) em apoio a uma exposição sobre Muhammad Ali, no Museu de História Africana-Americana do Smithsonian, em Washington. O ala do Cleveland Cavaliers disse ser um grande fã da lenda do boxe, que morreu em 3 de junho, aos 74 anos, após longa batalha contra o Mal de Parkinson.

“Todo atleta profissional, independentemente de raça ou gênero, deve ser muito grato a Muhammad Ali. Seu legado merece ser estudado e reverenciado por todas as gerações”, afirmou LeBron. A exibição “Muhammad Ali: A Força por Mudança” apresenta itens do pugilista, incluindo calções e luvas, e detalha não só a carreira, mas  também o ativismo político de Ali.

O curador da galeria esportiva do museu, Damion Thomas, se disse “extremamente grato” a LeBron. “Como a superestrela mais socialmente ativa no esporte atualmente, LeBron James é uma prova de que a influência de Muhammad Ali encarna os tumultos sociais e raciais de seus tempos, ofuscando linhas entre políticas e esporte, ativismo e entretenimento.”

O museu de 540 milhões de dólares contém 36.000 itens que traçam a jornada de afro-americanos da escravidão nos anos 1800 à luta por direitos civis no século 20 e mostra ícones modernos como Oprah Winfrey e a campeã do tênis Serena Williams.

(com agência Reuters)

Continua após a publicidade

Publicidade