Clique e assine com 88% de desconto

Leão se satisfaz com lição de casa, mas vê desconforto no Brasileiro

Por Da Redação - 10 jun 2012, 21h52

Emerson Leão admite que o futebol demonstrado no clássico deste domingo não agradou nem a ele, mas lembra: em um Brasileiro só com três vitórias de paulistas, duas foram do São Paulo. E ambas no Morumbi. Por isso, valorizou a vitória por 1 a 0 sobre o Santos, embora ainda reprove os seis pontos somados em quatro rodadas.

‘Até gostaríamos de um grande espetáculo, mas não fizemos. Só que fizemos a lição de casa. Quem não faz, é reprovado, mas a estamos fazendo muito bem’, relatou o técnico, que já havia vencido o Bahia como anfitrião e, como visitante, perdeu de Botafogo e Internacional.

O desempenho coloca o Tricolor em sétimo lugar, enquanto adversários tradicionais, como Corinthians e Palmeiras, estão na zona de rebaixamento, e o Santos ainda não ganhou. O mau rendimento dos rivais, entretanto, não serve nem como consolo para Leão, que se recusa a poupar titulares mesmo estando nas semifinais da Copa do Brasil.

‘Não posso ficar olhando para os outros, mas para o nosso rabo. E não acho nossa situação confortável no Brasileiro. Quem se propõe a entrar para vencer, não pode se satisfazer com 50%. Temos que subir, e só subiremos se colocarmos todos para trabalhar, independentemente do nome’, indicou.

Publicidade

Para provar a importância dos três pontos no San-São, contudo, lembrou da festa do Inter após ganhar por 1 a 0 do Tricolor paulista na quarta-feira, no Beira-Rio, em cobrança de falta de D’Alessandro. ‘Perdemos no Sul por 1 a 0, com gol de falta, e o adversário comemorou efusivamente. Ganhamos hoje (domingo) de um time tradicional e somamos três pontos pela segunda vez’, apontou

‘O jogo esteve longe de ser uma maravilha, não foi bom. Mas mediante à necessidade, não à circunstância, foi um resultado excelente. Com estes três pontos somados a outros, vamos chegar legal’, projetou Leão.

Publicidade