Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Leão prepara contra-ataque para surpreender Palmeiras

Por Bruno Deiro

São Paulo – A principal arma do Palmeiras nesta temporada tem sido a jogada de bola parada, em cobranças de falta e escanteios do volante Marcos Assunção. Consciente disso, o técnico Emerson Leão resolveu armar uma estratégia para que o São Paulo possa surpreender o rival no clássico de domingo no Pacaembu. A aposta são-paulina é utilizar o contra-ataque após recuperar a bola alçada na área pelas palmeirenses.

No treino realizado na manhã desta quinta-feira, no CT da Barra Funda, Leão fez um trabalho específico para armar esse contra-ataque após a bola parada do Palmeiras. Assim, o meia Lucas fez o papel de Marcos Assunção nos cruzamentos para a área, enquanto a defesa são-paulina tratava de afastar o perigo e já acionar os rápidos atacantes Fernandinho e Dagoberto para puxar o contra-ataque.

“Fernandinho e Dagoberto são dois jogadores rápidos, mas primeiro temos de marcar o adversário. Depois, o Rogério Ceni pode pegar a bola e sair rápido, ou afastamos de cabeça para usar a rapidez dos nossos atacantes”, explicou o zagueiro Rhodolfo. “A equipe do Palmeiras é forte na bola parada, temos de nos preocupar sim, mas têm outras jogadas que temos de ter atenção também.”

Apesar de treinar o contra-ataque nesta quinta-feira com Fernandinho e Dagoberto, Leão ainda não definiu se os dois serão titulares no clássico de domingo. A tendência, porém, é que eles formem o ataque com Luis Fabiano. Assim, o meio-de-campo são-paulino teria Denilson, Wellington e Cícero – o meia Lucas estão suspenso e não pode enfrentar o Palmeiras na penúltima rodada do Brasileirão.