Clique e assine a partir de 9,90/mês

Kleber valoriza mistão do Inter: ‘São bons, mas fomos superiores’

Por Da Redação - 5 fev 2012, 22h02

O Grêmio não conseguiu utilizar o fato de disputar o Gre-Nal de número 390 dentro do Olímpico e com sua força máxima, e acabou ficando apenas no empate por 2 a 2 com o time reserva do Inter. Na visão do atacante Kleber, o Colorado de Dorival Júnior não foi com um time completamente reserva.

O atacante argumenta que Bolívar, autor do gol salvador de empate aos 30 do segundo tempo, Muriel e Sandro Silva não são reservas do Colorado: ‘O time deles era reserva e o nosso time joga junto há menos de um mês. Mas era um time reserva em que o Bolívar era o titular, o Sandro Silva, que jogou comigo no Palmeiras. Por mais que seja considerado reserva, o time deles tem muita qualidade’.

Mesmo diante de um adversário considerado forte, Kleber crê que o Tricolor foi superior ao Colorado na partida apesar da falta de entrosamento apresentada. Já sem Douglas, que foi vendido ao Corinthians, o time teve o setor ofensivo formado por Marquinhos, Marco Antônio, Leandro, Marcelo Moreno e o próprio Gladiador.

Com sete pontos conquistados, o Grêmio do artilheiro Kleber é apenas o quinto colocado da Taça Piratini, primeiro turno do Campeonato Gaúcho. O time tem a mesma pontuação do Cerâmica e volta a campo na próxima quarta-feira, no estádio Colosso da Lagoa, em Erechim, onde terá como adversário o Ypiranga do técnico Joel Costa.

‘O se Grêmio impôs no jogo o tempo todo, foi melhor o tempo todo. Um gol deles foi de bola parada e o outro foi uma infelicidade. Essas coisas acontecem porque é clássico. Tivemos outras oportunidades também. Eles são bons, têm qualidade, mas nós fomos superiores e não conseguimos vencer’, encerrou o camisa 30.

Continua após a publicidade
Publicidade