Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Kanaan é presenteado pela KV e renova por mais duas temporadas

Por Da Redação 1 mar 2012, 15h10

No mesmo dia em que Rubens Barrichello anunciou o acerto com a KV para a temporada 2012 da Fórmula Indy, o baiano Tony Kanaan também celebrou um acordo com o time. Ele assinou nesta quinta-feira um contrato por mais dois anos com a equipe e acredita que o vínculo é um sinal de reconhecimento por seu trabalho nas pistas em 2011 e pelo esforço para levar o amigo à escuderia.

Kanaan foi contratado pela KV, de propriedade do ex-piloto Jimmy Vasser e Kevin Kalkhoven, no início de 2011, a poucos dias da etapa de abertura da Indy, em São Petersburgo. Já na primeira prova, ele surpreendeu e subiu ao pódio na terceira colocação. O brasileiro continuou com bom desempenho ao longo do ano e terminou a temporada na quinta posição geral.

‘Para quem acompanhou meu drama no ano retrasado, foi uma luta árdua durante seis meses até o Jimmy e o Kevin me chamarem de última hora. Agora ter renovado por mais dois anos me dá uma tranquilidade bem maior, estou muito contente agora’, disse o piloto baiano

Kanaan e Barrichello aproveitaram para anunciar as novidades juntos, como se estivessem se dando presentes. O baiano foi responsável por dizer que o veterano da Fórmula 1 agora correrá na Indy. Já Rubinho foi quem falou que o campeão da Indy de 2004 acertou por mais dois anos com a KV.

‘Foi um presente de ambas as partes, acho que a equipe sentiu uma consideração grande pelo meu empenho no ano passado e de levar o Rubinho para lá e por isso a gente conseguiu um contrato novo’, analisou.

Os dois pilotos brasileiros da KV na Fórmula Indy são amigos fora das pistas e têm em parceria uma organização sem fins lucrativos de assistência a comunidades carentes, o Instituto Barrichello Kanaan. Acostumados a andar juntos nas 500 Milhas de kart da Granja Vianna, pela primeira vez eles serão adversários durante uma temporada completa.

Barrichello pilotará o carro 8 da KV, em seu ano de estreia na Indy. Já Kanaan andará com o bólido 11, número de seu carro em 2004, quando foi campeão da categoria pela Andretti.

‘A gente vai brigar até o fim e se eu tiver que perder, vai doer menos perder para ele. Então com certeza vou ter uma satisfação muito grande de ter o Rubinho lá’, disse Kanaan. &emsp

Continua após a publicidade
Publicidade