Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jornal confirma ligação de ministro do Esporte com policial militar

O ministro do Esporte, Orlando Silva, assinou uma medida que beneficiou uma ONG do policial militar João Dias Ferreira, que hoje o acusa de ser um dos mandatários de um esquema de desvio de dinheiro público. As informações são da edição desta terça-feira do jornal Folha de S. Paulo.

Em julho do ano de 2006, Silva reduziu o valor que a ONG deveria gastar como contrapartida para receber investimento do Governo. Segundo a publicação, documentos obtidos confirmam a ligação do político com o PM.

Orlando Silva corre riscos em seu cargo desde a revelação de um escândalo envolvendo o programa ‘Segundo Tempo’, uma semana atrás. Ferreira, que divulgou o esquema recentemente, disse que a verba desviada iria para os cofres do PCdoB, partido que está no controle pasta desde 2003.

Ainda nesta terça, O Estado de S. Paulo revelou que uma obra autorizada pelo ministro, o Centro de Treinamento de Esportes de Alto Rendimento, em Campos do Jordão (SP), está em fase inicial de construção, enquanto tinha conclusão prevista para 2007. Ao todo, foram investidos até agora R$ 1,37 milhão nas instalações.

O projeto do Centro de Treinamento foi assinado por Silva também em 2006, com participação da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), que seria responsável pelo espaço para a realização de pesquisas.

Com quase nada das obras concluídas, o terreno é caracterizado por um grande pasto em uma região afastada da cidade, onde cavalos e cabritos vivem livremente. Na obra, apenas três funcionários trabalham no local de segunda a sexta-feira.