Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Irmão do presidente do Comitê Olímpico mexicano revendia ingressos para o Pan

O irmão de Felipe Muñoz, presidente do Comitê Olímpico Mexicano (COM), foi flagrado enquanto vendia ilegalmente ingressos para os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, confirmou neste sábado o dirigente, em declarações à imprensa mexicana.

“Fico triste por esta besteira que meu irmão fez, é um situação que me afeta muito. É meu irmão, amo ele, mas, que posso fazer?”, disse Muñoz ao diário esportivo “Cancha”.

“Não tenho nada a ver com isso. Presenteei meu irmão com 12 ingressos para a natação, o atletismo e a ginástica, que eu mesmo comprei”, completou.

A polícia municipal tinha anunciado na quinta-feira a prisão de um indivíduo chamado Francisco Javier Muñoz Kapamas, flagrado enquanto tentava vender oito ingressos para uma mulher. Ele foi liberado horas depois, após pagar uma multa de 5.813 pesos (cerca de 465 dólares).

O nome da pessoa despertou, em seguida, questionamentos sobre eventuais vínculos com o presidente do COM, o que acabou sendo confirmado pela imprensa mexicana.

De acordo com outro diário esportivo local, o “Récord”, a polícia flagrou, desde o início dos Jogos Pan-Americanos, cerca de dez ‘cambistas’ que tinham relações de parentesco com atletas.