Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Inédita, dupla Chicão/Wallace deve copiar padrão Paulo André/Castán

Por Da Redação 1 nov 2011, 06h35

O Corinthians terá dupla inédita de zagueiros no domingo, diante do América-MG, em Uberlândia: Chicão e Wallace. Concorrentes no lado direito da defesa, eles jamais atuaram juntos no setor e, desta vez, serão susbtitutos dos suspensos Paulo André e Leandro Castán, que também eram considerados opções similares (pelo lado esquerdo), porém se firmaram como parceiros.

Atualmente, Paulo André e Castán são titulares independentemente das alternativas possíveis. O último foi mantido na esquerda, enquanto o primeiro aproveitou chance mesmo invertido. Na primeira vez em que eles atuaram lado a lado, contudo, o técnico Tite não tinha saída, uma vez que Chicão e Wallace estavam lesionados na oportunidade (diante do Avaí, no primeiro turno).

‘Essa adaptação vai ter que acontecer. Não tivemos nem tempo de treinar, vai ser o (treino) tático de sábado. O Paulo André joga dos dois lados, mas o que tinha usado como critério antes é que o Wallace seria (o reserva) pela direita, e ele pelo lado esquerdo’, disse o treinador, na ocasião.

Se Tite seguir a ideia que usou na primeira inversão, Chicão continuará na direita, função que exerceu durante grande parte da temporada, antes de ir para a reserva. Assim, pela cópia do padrão que vem sido utilizado com a dupla atual de zagueiros, Wallace iria para a esquerda. O entrosamento não deverá ser problema, já que eles vêm fazendo alguns treinamentos desde que a zaga titular passou a ser composta por Paulo André e Leandro Castán, no início de outubro.

CHICÃO VOLTA AO TIME APÓS POLÊMICA

Capitão desde o início deste ano, o líder da equipe perdeu espaço dentro do grupo – e a braçadeira – por cair de produção. Assim que soube que iria para a reserva contra o São Paulo (em 18/10), algo incomum na carreira, pediu dispensa para a comissão técnica, abandonou a concentração no hotel e criou polêmica. Foi reintegrado após algumas rodadas, contudo não joga desde o duelo anterior ao clássico do Morumbi.

WALLACE RECEBE OUTRA CHANCE RARA

Camisa 25 chegou a admitir no primeiro semestre que conseguia jogar apenas quando Chicão estava suspenso ou machucado. Recentemente, porém, ganhou oportunidade quando o titular foi sacado e pediu dispensa do clássico contra o São Paulo ao saber que iria para a reserva. Depois disso, brigou por posição com Leandro Castán, mas foi preterido na disputa com o zagueiro mais regular do elenco.

Continua após a publicidade
Publicidade