Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Ilhado’ na França, Gil se entusiasma com interesse do Corinthians

O zagueiro Gil, ex-Cruzeiro, se sente tão isolado na cidade de Valenciennes, onde defende o clube de mesmo nome, na França, que diz ainda não ter falado nem com seu empresário. Mas comemora a possibilidade de atuar pelo Corinthians já em 2012, deixando o local no qual diz não ter se adaptado.

‘Não recebi nenhum contato, até porque é muito difícil falar do Brasil para cá e daqui para o Brasil. Mas não consegui falar com meu empresário ainda para saber se está acontecendo alguma coisa’, relatou Gil à rádio Globo.

Basta ouvir que o atual campeão brasileiro lhe dá a oportunidade de voltar ao País para o defensor mudar o tom de voz, demonstrando sua alegria. ‘É bom para qualquer jogador disputar uma Libertadores, ainda mais pelo Corinthians’, comentou, considerando o Timão uma salvação.

‘Estou com problema de adaptação mesmo por frio, comunicação. Eu até vou treinador, converso com as pessoas, falo algumas coisas da língua, mas minha esposa e meu filho de um ano e cinco meses ficam só trancados em casa. É ruim demais’, analisou.

O problema será convencer o Valenciennes. Gil trocou o Cruzeiro pela equipe francesa no final de agosto. Dificilmente a equipe aceitará se desfazer dele já em janeiro sem impor obstáculos à negociação – pode pedir uma quantia alta para as pretensões corintianas em gastar com ele.

‘Pode ser difícil por eu ter chegado há pouco tempo, não deu nem quatro meses ainda. Mas fico feliz por saber do interesse de uma grande equipe’, falou, esperançoso. ‘Estou esperando as férias para ver o que vai resolver. A princípio, me reapresento normalmente depois, mas não sei o que pode acontecer. Fico esperando alguma coisa.’