Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Humilde, Tata dá créditos de vitória a Muricy: ‘Ele é o melhor de todos’

Por Da Redação 13 nov 2011, 19h34

Técnico interino do Santos na vitória por 3 a 2 sobre o Ceará neste domingo, Tata preferiu fugir dos holofotes e novamente deixou toda a responsabilidade do resultado positivo nas mãos de Muricy Ramalho, que não esteve à beira do gramado por que ainda não está totalmente recuperado da crise de hérnia de disco que o deixou afastado por duas semanas.

Além disso, o comandante do Peixe estabeleceu um compromisso com o elenco, no qual titulares e ele próprio não viajariam mais no Campeonato Brasileiro, já que o time está se preparando para o Mundial de Clubes de dezembro.

Quando o time atuar dentro de casa, seja na Vila Belmiro ou no Pacaembu, nem Muricy e nem os titulares do Santos estarão em campo, mas Tata e os reservas, para quem o eterno assistente de Muricy costuma dar atenção especial nos treinamentos.

‘Busco conversar com todo o elenco, sou bem tranquilo no trato, mas o Muricy é o melhor de todos, está sempre conversando com todo mundo e fez a diferença mesmo não estando aqui’, afirmou Tata, que não costuma ser muito expansivo nas entrevistas.

Quanto ao time que entrou em campo e conseguiu uma vitória sobre o desesperado Ceará, o interino também elogiou: ‘Nós merecemos a vitória porque tivemos posse de bola, mas eu só senti isso quando o Aranha defendeu o pênalti e o Diogo fez o terceiro gol’.

Quando o Santos encarar o Atlético-GO nesta quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), Tata estará de volta ao seu posto no banco de reservas ao lado de Muricy Ramalho, auxiliando o titular e orientando os titulares do Peixe.

Continua após a publicidade
Publicidade