Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Harley e Evandro superam qualifying e asseguram vaga em Prada

Por Da Redação - 23 maio 2012, 17h42

Com três vitórias, os brasileiros Harley e Evandro passaram pelo qualifying da etapa de República Tcheca, a quinta do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Com as vitórias desta quarta-feira, a dupla se junta a Alison/Emanuel, Ricardo/Pedro Cunha, Márcio/Pedro Solberg e Thiago/Ferramenta na disputa pelo título.

Na primeira partida da seletiva, os brasileiros precisaram de 40 minutos para baterem os sul-africanos Chiva/Goldschmidt por 2 sets a 0, parciais de 21/19 e 21/16.

Em seguida, Harley e Evandro enfrentaram os gregos Kotsilianos/Zoupanis, precisando de dois minutos a mais para repetir o placar, parciais de 24/22 e 21/17.

Na partida decisiva, os brasileiros precisaram do tie-break para baterem os venezuelanos Leal/Castro em parciais de 21/19, 15/21 e 15/11, confirmando a classificação à fase principal do torneio.

Publicidade

Nesta quinta, as cinco duplas brasileiras iniciam a disputa da etapa tcheca do Circuito Mundial, junto a outras 27 equipes de outros países. Cada time disputará dois jogos na primeira fase da competição, precisando de ao menos um resultado positivo para avançar. Ricardo e Pedro Cunha, uma delas, passaram a última semana treinando em João Pessoa, na Paraíba, e garantem estar em condições para a disputa da competição.’Nosso retorno ao Brasil foi importante para nos reestruturarmos, principalmente na questão da alimentação, que acabou sendo muito prejudicada nas duas semanas que passamos na China. Tivemos uma semana proveitosa em João Pessoa, com bons treinos. O clima está bom, a areia também, então temos tudo para fazer uma boa etapa’, diz o campeão olímpico Ricardo.

Com estratégia diferente dos adversários, Márcio e Pedro Solberg participaram da etapa do Circuito Suíço, na última semana, conquistando o título da competição.

‘Estamos vindo de uma sequência de bons resultados e queremos seguir entre os melhores. Tivemos um ótimo período de preparação na Suíça, recuperamos a nossa parte física e estamos muito bem preparados para lutar pelo título. A vantagem dos americanos é pequena e podemos revertê-la já nesta etapa’, afirma Márcio. Caso vença em Praga, a dupla segue na briga pela liderança do ranking mundial, atualmente com Gibb e Rosenthal, que somam 1880 pontos, contra 1740 dos brasileiros.

Em três temporadas que Praga recebeu o Circuito Mundial, o Brasil esteve presente no pódio em todas. Alison/Emanuel foram campeões em 2011 e prata em 2010. Em 2008, na primeira edição, Ricardo/Emanuel conquistaram o bronze.

Publicidade