Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Hamilton evita comentar atrito com Massa em Cingapura

Por Da Redação - 6 out 2011, 15h45

Por AE

Suzuka – O inglês Lewis Hamilton evitou comentar nesta quinta-feira o toque que gerou um atrito com o brasileiro Felipe Massa ao final do GP de Cingapura, há duas semanas. “Não tenho nada para dizer a esse respeito”, declarou.

O toque, que quase acabou com a corrida de Massa, gerou muitas críticas da imprensa internacional e uma situação constrangedora com o piloto da Ferrari depois do fim da prova. Indignado com o erro do rival, o brasileiro foi tirar satisfações quando o piloto da McLaren atendia repórteres de uma TV estrangeira.

Em seguida, Massa disse que o inglês tinha dificuldade em aprender com os erros cometidos nesta temporada e pediu uma punição mais rigorosa ao rival. Hamilton só se defendeu nesta quinta. “Os críticos têm o direito de pensar o que desejarem. É fácil dizer que você pode aprender com um erro, mas cada situação na pista é única, distinta das anteriores”, comentou.

Publicidade

Em tom de desabafo, o inglês admitiu que está passando por uma fase difícil na carreira. “A questão não é como e por que eu me meti nisso, mas como vou sair dessa situação”, disse, se referindo aos seguidos erros de avaliação, principalmente nas ultrapassagens, nos últimos GPs da Fórmula 1. “Este é o ano de maiores experimentações na minha vida, o mais difícil da carreira”.

Publicidade