Guilherme avalia que empate não foi ruim para o Atlético-MG

Por Da Redação - 9 abr 2012, 15h21

Os jogadores do Atlético-MG lamentaram bastante o empate com o Cruzeiro por 2 a 2, no último domingo, principalmente porque o Galo saiu na frente no placar, mas permitiu o empate da Raposa. O avante Guilherme ficou chateado com o resultado, mas avaliou que não foi tão ruim assim para o Atlético-MG, que mantém a invencibilidade no Campeonato Mineiro e pode confirmar o primeiro lugar na fase de classificação na última rodada.

‘Começamos com todo gás, mas acho que acima de tudo não foi ruim, não. O empate nos dá uma condição no futuro em termos de semifinal e final. Mas a gente queria ter vencido’, disse Guilherme, que pede um pouco de calma dos torcedores que reclamaram bastante do empate alvinegro diante do arquirrival Cruzeiro.

‘O bom é que não haja mais pressão, que já tem muita. Time que vinha de dez vitórias e que ainda não perdeu esse ano. Se puder ter essa parceria com o torcedor é melhor. Mas a gente sabe que de certo modo, pelo fato de ter empatado, as coisas podem piorar. Mas temos que seguir firmes e fortes’, afirmou.

Guilherme inclusive foi um dos mais cobrados pela torcida, por ter desperdiçado uma boa chance de marcar, no momento em que o placar mostrava igualdade. ‘Até comentei no vestiário. Lance que dificilmente eu perco. É uma forma de bater na bola que eu não uso muito. Gosto de bater de chapa. Mas a bola acabou subindo muito. Acho que joguei o jogo, não fui mal. Mas fazer o quê, quis fazer o gol, mas não deu’, justificou.

Publicidade