Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Grondona se desculpou por críticas, diz dirigente inglês

Por AE

Londres – O argentino Julio Grondona, um dos vice-presidentes da Fifa, se desculpou pelos comentários “inaceitáveis” feitos sobre os ingleses, de acordo com declaração dada nesta quarta-feira pelo presidente da Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês).

O dirigente argentino disse que os ingleses deveriam deixar “a família da Fifa em paz” depois que supostamente “disseram mentiras” quando David Bernstein, presidente da FA, defendeu o adiamento da eleição presidencial da Fifa, que reelegeu o suíço Joseph Blatter em junho, durante o congresso da federação.

Bernstein disse nesta quinta-feira, durante um evento, que “estava satisfeito por ter recebido uma carta de desculpas de Grondona, o presidente da Associação de Futebol Argentino, depois dos comentários inaceitáveis que formulou sobre a Inglaterra em Zurique”.

O dirigente inglês indicou também que participou de reuniões com Blatter, que foram “positivas”, apesar de suas críticas contra a Fifa por conta dos escândalos de corrupção que envolveram membros do seu comitê executivo.