Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Grêmio vai esperar eleições do Boca para negociar permanência de Escudero

Por Da Redação 10 nov 2011, 12h17

Enquanto tenta fechar com o atacante Kleber, o Grêmio busca fechar outras negociações. Uma das prioridades e a permanência do meia-atacante Escudero no clube. O gerente de futebol gremista, Paulo Pelaipe, esteve em Buenos Aires tratando do assunto. Um acerto ficou para o mês de dezembro.

O Tricolor vai esperar os resultado das eleições para presidente do Boca Juniors para depois tratar do assunto. Os argentinos são donos de 50% dos direitos econômicos de Escudero. A outra metade pertence ao Villarreal, da Espanha.

O Grêmio informou o empresário do jogador, Dario Bombini, que não irá pagar o valor previsto em contrato. A direção gremista considera os 5 milhões de dólares um valor muito elevado. Pelaipe nega que tenha viajado para acertar a vinda de um zagueiro. Especula-se que Jonatan Botinelli, do San Lorenzo e com passagem pela Sampdoria, da Itália, interesse ao clube gaúcho.

Publicidade