Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gol anulado do Vasco não assustou Cássio: ‘Vi que estava impedido’

Cássio completou na noite de quarta-feira, diante do Vasco, mais um jogo inteiro sem ser vazado na meta do Corinthians. Graças a gol de Alecsandro corretamente anulado em São Januário. O arqueiro não conseguiu defender o cabeceio do atacante, mas não se assustou com a bola na rede por ter notado a marcação de impedimento logo ao cair no gramado.

‘Já olhei direto para o bandeirinha, nem deu tempo (para lamentar). Vi que o Alecsandro estava impedido’, disse o jogador, nesta quinta-feira, no retorno da delegação a Guarulhos.

O lance aos 25 minutos da etapa final causou polêmica. Os vascaínos diziam que Alecsandro não estava impedido ao aproveitar desvio de cabeça de Diego Souza, ao mesmo tempo em que os corintianos levantavam os braços apontando condição irregular imediatamente. O tira-teima da transmissão da partida, no entanto, atestou a irregularidade da jogada.

Com o empate em branco no Rio de Janeiro, Cássio chegou ao quarto jogo sem ser vazado com a camisa 24 do Corinthians – atuou também nas oitavas diante do Emelec (0 a 0 e 3 a 0) e na vitória por 1 a 0 sobre o XV de Piracicaba, pelo Campeonato Paulista.

‘É claro que é bom não tomar gol, e espero ficar muitos jogos sem tomar. Mas não é algo que me preocupe, não sinto pressão para não ter que tomar, porque uma hora vou tomar, uma hora vai acontecer mesmo. Só espero que demore bastante’, sorriu o goleiro, contratado nesta temporada e que tomou a posição de Julio Cesar, sacado após falhas na eliminação do Estadual.

Provavelmente sem seus principais titulares, a equipe volta a campo no domingo para enfrentar o Fluminense, no Pacaembu, pela estreia do Campeonato Brasileiro. ‘Se perguntarem para mim, eu quero jogar’, avisou Cássio, invicto e em alta com a exigente torcida alvinegra.