Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Goiás busca reação e arranca empate com Bragantino

Por AE

Bragança Paulista – O Goiás chegou a estar perdendo por 2 a 0, esteve atrás do marcador por duas vezes, mas conseguiu arrancar um empate contra o Bragantino, por 3 a 3, na tarde deste sábado, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

No final das contas, o resultado não foi bom para nenhum dos dois times, já que eles seguem sem cumprir os objetivos na competição. O Goiás é o oitavo colocado, com 13 pontos, longe do G-4, enquanto o Bragantino segue próximo da zona de rebaixamento com nove pontos, na 16.ª posição.

Esta foi a segunda grande reação do Goiás na Série B. Pela sétima rodada, o time estava perdendo para o Vitória, por 3 a 0, dentro de casa, mas conseguiu a virada, por 4 a 3.

Quando o árbitro apitou o início de jogo, o Bragantino não deu chances para o adversário e balançou as redes logo na primeira subida ao ataque. No primeiro minuto, Malaquias foi lançado pela direita e cruzou. Giancarlo antecipou a marcação e, de primeira, bateu no ângulo do goleiro Edson.

Mesmo com o prejuízo no marcador, o Goiás foi superior. Controlando bem a posse de bola, o time levou perigo ao goleiro Alê, que fez pelo menos duas boas intervenções. No fim da primeira etapa, no entanto, o Bragantino ampliou. Depois de cobrança de escanteio, Walter aproveitou falha de Edson e tocou para o gol.

O segundo tempo foi de tirar o fôlego. O Goiás começou em cima e diminuiu no minuto, inicial em cobrança de falta de Felipe Amorim, que desviou enganando o goleiro Alê. Os visitantes eram só ataque, mas os meias Ramon e Renan Oliveira perderam boas oportunidades antes de o time esmeraldino conseguir empatar. Aos 14 minutos, Egídio recebeu de Eduardo Sasha e bateu cruzado, sem chances de defesa.

A reação, no entanto, foi interrompida na saída de bola, no lance seguinte. Malaquias recebeu em profundidade, passou pelo goleiro Edson e rolou para o gol vazio.

As coisas pereciam que ficariam tranquilas para o Bragantino, mas Malaquias recebeu o segundo cartão e foi expulso. Esse foi o alvará para que os goianos se lançassem ao ataque em busca do empate novamente. Na base da pressão, os visitantes conseguiram igualar. Eduardo Sasha foi até a linha de fundo e rolou para trás. O volante Amaral não conseguiu finalizar e a bola sobrou para Ricardo Goulart. O atacante girou e acertou o canto direito.

O Bragantino volta a campo para o clássico regional contra o Guarani, no próximo sábado, às 16h20, novamente no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Um dia antes, o Goiás recebe o América-MG, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, às 21 horas.

FICHA TÉCNICA:

BRAGANTINO 3 X 3 GOIÁS

BRAGANTINO – Alê; Caldeira, Walter e Preto Costa; Victor Ferraz, Acleisson, Diego Barboza (Serginho), Fernando Gabriel (Léo Jaime) e Moreno (Andrezinho); Malaquias e Giancarlo. TÉCNICO – Marcelo Veiga.

GOIÁS – Edson; Vítor, Lacerda (David), Valmir Lucas e Egídio; Amaral, Ramon, Ricardo Goulart e Renan Oliveira (Eduardo Sasha); Felipe Amorim e Iarley (Marinho). TÉCNICO – Enderson Moreira.

GOLS – Giancarlo, a 1, e Walter, aos 40 minutos do primeiro tempo. Felipe Amorim, a 1, Egídio, aos 14, Malaquias, aos 15, e Ricardo Goulart, aos 29 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Mayron Frederico dos Reis Novaes (MA).

CARTÕES AMARELOS – Lacerda, Edson (Goiás); Acleisson, Malaquias, Walter, Serginho (Bragantino).

CARTÃO VERMELHO – Malaquias (Bragantino).

PÚBLICO – 772 pagantes.

RENDA- R$ 9.556,00.

LOCAL – Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).