Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Gallo pede compreensão com elenco montado há 25 dias no Náutico

Por Da Redação 7 jun 2012, 00h27

O Náutico entrou em campo para medir forças com o Vasco nesta quarta-feira e novamente saiu de campo com uma derrota em sua bagagem. Sem conseguir emplacar na competição, a equipe somou o seu segundo revés no torneio e passou a ocupar a parte inferior da tabela de classificação, com apenas um ponto conquistado.

Mesmo com o preocupante início na competição, o técnico Alexandre Gallo enxergou a sua equipe no caminho certo. Ciente das cobranças que passarão a acompanhar o time nos próximos jogos, o treinador pediu para que o torcedor tenha paciência e compreenda o momento vivido pelo ainda desentrosado elenco alvirrubro.

‘Esta equipe foi montada há 25 dias. Estamos em construção. Para construir uma equipe em 25 dias e buscar excelência no futebol é muito difícil. O Martinez, por exemplo, fez o seu primeiro jogo em cinco meses nesta partida. Nós temos consciência de que passaríamos por tudo isso e não vamos antecipar um monte de fases’, analisou o treinador.

Gallo também aproveitou para sair em defesa do atacante Araújo. Encostado durante toda a sua passagem pelo Fluminense, o atleta voltou a atuar como titular no Náutico e adquiriu o status de principal goleador da equipe ao balançar as redes na estreia do Timbu no Brasileiro, contra o Figueirense. Com tamanha responsabilidade sobre suas costas, o atleta gerou a irritação da torcida nesta quarta-feira, quando desperdiçou inúmeras chances claras de gol.

Mesmo com o rendimento abaixo do esperado, o comandante alvirrubro entende que as atuações de Araújo não deixam a desejar e lembrou que o centroavante foi o responsável pelo gol marcado nos minutos finais da derrota por 4 a 2 para o Vasco.

‘O Araújo vinha jogando esporadicamente no Fluminense e pegou uma sequência de jogos forte aqui no Náutico. Ele tem a tendência de melhorar. Antecipação de fases e preparação compromete a parte técnica do atleta. Essa parte tende a evoluir com a equipe. Fiquei muito contente com o segundo tempo dele e do time, mas o placar já estava definido’, encerrou o técnico pernambucano.

Continua após a publicidade
Publicidade