Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fluminense muda a preparação por conta da derrota do Inter

O Fluminense não esperava cruzar com o Internacional nas oitavas de final da Copa Libertadores. O confronto só vai acontecer porque na noite de quinta-feira o Colorado foi surpreendentemente derrotado pelo Juan Aurich, no Peru, por 1 a 0. Antes disso, tudo caminhava para que o Tricolor fosse medir forças com o Emelec, do Equador, que indicava que ficaria com a pior campanha entre os classificados. Já a equipe carioca obteve a melhor pontuação entre os 16 que ainda restam na competição continental.

A diretoria do Fluminense, tão logo o time derrotou o Arsenal na noite de quarta-feira por 2 a 1, na Argentina, já fretou um avião para levar o elenco para Guayaquil, no Equador, a fim de enfrentar o Emelec. A transação teve que ser cancelada na manhã desta sexta-feira. Após rápida conversa com a comissão técnica, ficou definido que o plantel ficará no Rio de Janeiro até terça-feira, quando segue para Porto Alegre. A primeira partida das oitavas de final da Copa Libertadores será na próxima quarta-feira na capital gaúcha.

‘Em termos de viagem, acaba sendo a mesma logística de uma partida do Campeonato Brasileiro, quando se embarca para a cidade na véspera mesmo. Não há motivo para viajarmos na segunda-feira nesse caso’, disse o diretor de futebol do Fluminense, Rodrigo Caetano, em entrevista ao jornal Extra, do Rio de Janeiro.

Dentro de campo, nesta sexta-feira o elenco realizou um trabalho regenerativo. Para a partida contra o Internacional, o técnico Abel Braga não poderá contar com o atacante Wellington Nem, que se recupera de estiramento de grau 2 no músculo posterior da coxa direita. Já o artilheiro Fred, que não participou das últimas partidas, já não sente tanto o incômodo no músculo adutor da coxa direita e deverá reunir condições de atuar.