Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Flamengo segue reformulando equipe; Deivid deve sair em breve

Contratado em 2010 com a missão de ajudar a afastar o risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o atacante Deivid nunca conseguiu cair nas graças da torcida do Flamengo. Rotulado por perder gols considerados feitos, como na derrota de 2 a 1 para o Vasco na semifinal da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, o jogador pode estar com os dias contados na Gávea. São grandes as chances de ele ser negociado e deixar o clube antes mesmo do término de seu contrato, que se encerra em 31 de dezembro.

Pela legislação em vigor, a partir de 1 de julho, Deivid estará liberado para assinar um pré-contrato com qualquer outro clube. Porém sua saída pode ser antecipada nos próximos dias para que ele possa defender uma nova equipe no Brasileirão. Segundo fontes ligadas ao departamento de futebol do Flamengo, um clube de São Paulo (SP) teria interesse no atleta.

Além de não contar com a simpatia da torcida, Deivid passou a ser mal visto na Gávea quando, em janeiro, ingressou com uma ação na Justiça do Trabalho cobrando do Flamengo cerca de R$ 5 milhões de salários e direitos de imagem. A presidente Patrícia Amorim se irritou bastante com a situação, mas foi convencida por assessores a evitar uma dispensa e complicar ainda mais o trabalho do departamento jurídico.Sem pontos com a torcida e ‘queimado’ com a diretoria, Deivid também passou a ficar em baixa com um dos seus defensores na Gávea, o técnico Joel Santana. O treinador já vinha dando sinais de que Diego Maurício era seu favorito para jogar ao lado de Vagner Love e, com a contratação de Hernane, um dos artilheiros do Campeonato Paulista pelo Mogi Mirim, o espaço de Deivid se reduziu ainda mais, pois o comandante se desmanchou em elogios ao novo reforço.

Para agravar ainda mais a briga de Deivid para se manter no ataque, o jogador sofreu uma lesão no tendão-de-aquiles do pé direito, que tem impedido que ele seja relacionado para os jogos do Rubro-Negro. Quando se recuperar, porém, pode não vestir a camisa do time e se transferir para um outro clube, embora o diretor de futebol Zinho procure ser político neste momento. ‘Ainda contamos com o jogador para o Campeonato Brasileiro, pois ele tem contrato com o clube’, despistou Zinho.

Na verdade o Flamengo vem tentando reduzir o seu elenco para abrir espaço para novas contratações e diminuir um pouco a folha salarial, considerada alta pela diretoria. Além de Deivid, pode sair o zagueiro Weliton, que está na lista de reforços do Bahia, e o lateral esquerdo Rodrigo Alvim, que não faz mais parte dos planos da comissão técnica e foi liberado para procurar um novo destino. O meia Jorge Luiz, contratado após se destacar pelo Friburguense no Estadual e que sequer teve uma oportunidade com Joel Santana, pelo visto também pode sair antes mesmo de estrear. Na semana passada o Flamengo já tinha confirmado a saída do volante Kléberson, que está a caminho do Bahia.

Em relação a reforços, o clube se aproximou um pouco mais de contratar o zagueiro Adaílton, de 29 anos, que desde 2010 defende as cores do Sion, da Suíça, mas que estaria disposto a voltar a jogar no futebol brasileiro. Revelado pelo Vitória, o atleta viveu o melhor momento de sua carreira entre os anos de 2007 e 2009, quando foi titular do Santos.

Dentro de campo o elenco do Flamengo se reapresentou nesta terça-feira para uma atividade física e a quarta será dia de trabalho em tempo integral. O Flamengo volta a campo no próximo domingo, às 18h30 (de Brasília), quando recebe o Atlético-GO, no Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Para este jogo ele continua sem poder contar com o lateral direito Leonardo Moura, com um estiramento na coxa direita. Um tropeço diante do lanterna do Brasileirão pode custar o cargo de Joel Santana, que já vem sendo muito cobrado e viu sua situação se agravar depois da derrota de 2 a 0 para o Grêmio no domingo passado.