Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Flamengo muda foco e garante pensamento no Bangu

Por Da Redação 30 mar 2012, 14h15

A derrota de quarta-feira por 3 a 2 para o Olimpia, no Paraguai, na noite de quarta-feira dificultou a vida do Flamengo na Libertadores, que agora ocupa a terceira posição de seu grupo. Apesar desta realidade, os jogadores preferem esquecer o campeonato por enquanto. Tudo porque neste domingo, às 16 horas (de Brasília), o Rubro-Negro tem outro confronto decisivo pela frente, dessa vez diante do Bangu, no Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé, válido pela sexta rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca.

‘O Flamengo precisa ganhar seus jogos nas duas competições. Nós estamos pensando em um jogo de cada vez. Não teremos facilidades contra o Bangu e, portanto, não podemos ignorar esse adversário’, disse o atacante Vagner Love.

O Flamengo realmente precisa da vitória contra o Bangu. Isso porque o time aparece dividindo a segunda colocação do Grupo A da Taça Rio com o Macaé, ambos com 12 pontos. Os flamenguistas levam vantagem nos critérios de desempate, mas, em caso de empate ou derrota pode deixar a zona de classificação para as semifinais. O Botafogo lidera a chave com 13 pontos.

‘Nós estamos cientes de nossa responsabilidade contra o Bangu. Não vai ser um jogo tranquilo, a necessidade de vitória existe e não queremos nos complicar na Taça Rio. Temos uma sequência complicada pela frente, mas a melhor maneira de encarar este tipo de situação é pensar em um compromisso de cada vez’, afirmou o lateral direito Leonardo Moura.

Outra preocupação para os flamenguistas é o momento vivido pelo Bangu. O time da Zona Oeste ganhou seus dois últimos compromissos e lidera o Grupo A com nove pontos. Além disso, no único jogo que fez com um grande nesta Taça Rio, foi responsável por tirar os únicos dois pontos perdidos pelo Botafogo no segundo turno, com a partida tendo terminado empatada por 1 a 1.

Continua após a publicidade

‘O Bangu já mostrou que não vai ser um adversário fácil para o Flamengo. O time deles não tem nada a ver com aquele que passou o primeiro turno do Campeonato Carioca sem pontuar. Na Taça Rio eles conseguiram reorganizar a casa e estão fazendo uma grande campanha, tanto que lideram o grupo e adquiriram o justo direito de lutarem pela classificação para as semifinais. Mas estamos focados neste difícil compromisso e vamos fazer de tudo para somar três pontos. Ganhando, acredito que nossa situação vai ficar boa na competição’, explicou o técnico Joel Santana.

Em relação ao time que enfrentou o Olimpia no meio de semana, Joel Santana será obrigado a mexer na escalação do Flamengo. Isso porque o zagueiro David Braz deixou o gramado reclamando de dores na coxa direita e será substituído por Welinton, que vai compor o setor com o chileno Marcos González.

Outro desfalque é o volante Luiz Antonio, que vai cumprir suspensão por ter sido expulso na vitória por 4 a 2 sobre o Volta Redonda. Kléberson, que não está inscrito na Copa Libertadores, será o substituto. Dessa maneira, o Rubro-Negro vai atuar com: Felipe, Leonardo Moura, Marcos González, Welinton e Junior Cesar; Willians, Muralha, Kléberson, Darío Bottinelli e Ronaldinho Gaúcho; Vagner Love.

Neste sábado pela manhã os jogadores participam de um trabalho recreativo no Ninho do Urubu e depois a delegação segue diretamente para Macaé. Após o jogo o grupo retorna para o Rio de Janeiro no domingo mesmo, pois na manhã de segunda-feira já acontece o embarque para o Equador.

Fora de campo o departamento médico do Flamengo espera se posicionar nos próximos dias sobre a situação do volante Maldonado, que vem se recuperando de lesão no joelho esquerdo. São grandes as chances de o chileno ter que se submeter a uma artroscopia, considerada simples pelos médicos. Se o fato for confirmado ele ficará fora do restante do Campeonato Carioca.

Continua após a publicidade

Publicidade