Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Flamengo evita inchar elenco para a próxima temporada

Por Da Redação 9 dez 2011, 15h01

O técnico Vanderlei Luxemburgo nos clubes onde trabalhou sempre deixou claro que não gosta de contar com um elenco muito inchado. Isso porque, com um número elevado de jogadores, muitos sequer conseguem treinar direito e, portanto, acabam ficando desmotivados. Justamente por conta disso, o treinador já entregou para os dirigentes uma lista com os nomes que estão fora dos planos para 2012, a fim de que eles possam ser negociados ou liberados para procurar outro clube.

Essa semana o Flamengo acertou com o Náutico a prorrogação do empréstimo do zagueiro Marlon e do volante Lenon, que atuaram pelo Timbu na campanha vitoriosa na Série B do Campeonato Brasileiro, mas que teriam que retornar à Gávea em janeiro. Como Vanderlei Luxemburgo não contaria com eles para 2012, o Rubro-Negro não criou maiores problemas para que permanecessem em Pernambuco.

O Náutico também pode ser o destino de outro jogador que não está nos planos de Vanderlei Luxemburgo, mas que tem contrato em vigor com o clube até o fim de 2012. Trata-se do volante Kléberson, que disputou o último Campeonato Brasileiro pelo Atlético-PR. Com o rebaixamento do Furacão, o pentacampeão não vai permanecer em Curitiba (PR) e pode abrir negociações com o Timbu. A princípio os dirigentes pernambucanos negam o interesse no atleta, mas uma fonte ligada ao Flamengo dá conta de que o jogador pode sim defender o Náutico no próximo ano.

Quem já tem futuro definido é o lateral direito Everton Silva, que estava emprestado ao Duque de Caxias na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. O jogador, que também não seria aproveitado por Vanderlei Luxemburgo, foi cedido por empréstimo de um ano ao Atlético-GO.

Com o Bahia o Flamengo negocia a prorrogação do empréstimo do meia Guilherme Camacho, que mesmo tendo poucas oportunidades com Joel Santana, segue nos planos do Tricolor baiano. Como também não será aproveitado no Rubro-Negro, a negociação deverá ser concretizada na próxima semana. O meia Vander, que esgtá emprestado pelo Bahia ao Flamengo pode permanecer na Gávea. Ele foi pouco usado por Vanderlei Luxemburgo, já que sofreu duas contusões. Mas é visto como potencial jogador de sucesso pelo treinador do time carioca.

Apesar de já estar com algumas negociações encaminhadas e outras concretizadas o Flamengo ainda pretende reduzir mais o elenco. Isso porque precisa encontrar destino para algumas peças que estão fora dos planos da comissão técnica. O zagueiro Gustavo, por exemplo, não vai permanecer na Gávea. Contratado após se destacar pelo Boavista no Campeonato Carioca, ele não agradou nas oportunidades que ganhou e acabou não tendo sequência.

Quem também deve sair é o lateral esquerdo Rodrigo Alvim. O jogador nunca se firmou como titular. Antes era sombra de Juan, que se transferiu para o São Paulo. Chegou a ser usado em parte do Campeonato Carioca, revezando com Egídio. Mas logo Vanderlei pediu uma contratação para o setor e Junior Cesar assumiu o posto. Como na quinta-feira o clube contratou Magal, que se destacou pelo Americana na Série B do Campeonato Brasileiro, Rodrigo Alvim vai ficar sem função no elenco e será negociado. A ideia é envolvê-lo em alguma transação. O Figueirense poderia ser o destino do jogador.

Com situação indefinida está o meia chileno Fierro. O jogador nunca caiu nas graças da torcida e parecia carta fora do baralho. Mas demonstrou um esforço grande na reta final de 2011, chegando inclusive a fazer bons jogos, como na vitória de 1 a 0 sobre o Internacional. Assim, pode ter ganhou uma sobrevida com Vanderlei Luxemburgo, que é simpático ao futebol do chileno, que costuma ser usado em várias funções na Gávea.

Em relação a reforços, depois de Magal o clube mira um atacante e continua sonhando com Vagner Love. O Artilheiro do Amor chegou ao Brasil na noite de quinta-feira, mas não deu entrevistas. O Grêmio também tem interesse no atacante e isso pode acabar atrapalhando os planos do Rubro-Negro. Embora seja torcedor do clube, no ano passado Love ficou insatisfeito com o Flamengo por entender que o Rubro-Negro não se esforçou o suficiente para tirá-lo do CSKA Moscou, da Rússia, na abertura da janela de transferências internacionais.

Continua após a publicidade

Publicidade