Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Felipão decreta lei do silêncio no Palmeiras

Por Daniel Akstein Batista

São Paulo – Diante dos problemas internos que parecem não ter mais fim no Palmeiras, o técnico Luiz Felipe Scolari tomou uma medida radical nesta terça-feira: decretou a lei do silêncio. Assim, os jogadores do elenco palmeirense estão proibidos de dar entrevistas durante a semana. Nem o próprio Felipão falará com a imprensa até o jogo contra o América-MG, sábado, em São Paulo.

Além da queda de produção do time no Brasileirão, que o derrubou para o oitavo lugar, o Palmeiras sofre com seguidos problemas internos, que costumam ganhar maior proporção a cada declaração polêmica de alguns jogadores. No último domingo foi a vez do atacante Kléber, que falou abertamente sobre as falhas palmeirenses depois do empate com o Atlético-GO em Goiânia.

Diante disso, Felipão decretou a lei do silêncio. Assim, sem declarações polêmicas ou mesmo qualquer entrevista dos jogadores, o técnico espera ter uma semana tranquila de trabalho. Mesmo porque, o Palmeiras precisa ganhar do lanterna América-MG no sábado, no Canindé, se quiser continuar sonhando com a conquista da vaga na Libertadores do ano que vem.

Durante o treino desta terça-feira à tarde, quando o elenco palmeirense voltou da folga, a novidade foi a presença do meia chileno Valdivia, que participou das atividades com bola no campo, junto com os jogadores que não enfrentaram o Atlético-GO. Mostrando estar recuperado da lesão muscular que sofreu no começo de setembro, ele deve voltar ao time no jogo de sábado.