Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Felipão admite sentir frustração em sua volta ao Palmeiras

Por Da Redação 19 nov 2011, 11h34

Contratado em junho de 2010, o técnico Luiz Felipe Scolari era tido como uma das medidas para recolocar o Palmeiras no caminho dos títulos. Mas, quase um ano e meio depois, o Verdão segue sem conquistas e ainda corre risco de rebaixamento no Brasileirão.

Vivendo um jejum de dez jogos sem vitórias no alviverde, o comandante, campeão com o time da Copa Libertadores em 1999, deixou clara sua decepção com o que conquistou nesta sua segunda passagem pelo Palmeiras. Com contrato até o final de 2012, o comandante quer corrigir os erros e buscar melhores campanhas na próxima temporada.

“Frustra sim, quero colocar o Palmeiras em uma situação melhor. Em quase um ano e meio que estamos aqui, não conseguimos chegar a uma final de nenhum campeonato. Fomos à semifinal da Sul-americana e à semifinal do Paulista. Não chegamos nem a uma semi da Copa do Brasil ou Campeonato Brasileiro”, lamentou o técnico.

Nesta temporada, o Palmeiras foi eliminado pelo Timão no Estadual e na Copa do Brasil deu adeus à competição na fase quartas de final pela eliminação para o Coritiba, com direito a um vexatório 6 a 0 na partida de ida. No Brasileirão, o time de Scolari está na 13ª colocação, com 43 pontos ganhos, e, faltando três jogos para o fim do Nacional, ainda busca pontuação para livrar-se do rebaixamento.

Para não ver este filme se repetir na próxima temporada, o técnico palmeirense já deixou clara sua vontade de contar com reforços badalados em 2012. No projeto do comandante, cerca de quatro jogadores mais experientes devem integrar o elenco no ano que vem para “suportar a pressão” e mesclar com algumas das apostas feitas pelo clube em 2011.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Publicidade