Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Federer arrasa espanhol na sua estreia em Wimbledon

Por AE

Londres – Em busca do seu sétimo título de Wimbledon, Roger Federer iniciou a sua campanha nesta edição do tradicional torneio inglês com uma vitória arrasadora. O suíço venceu o espanhol Albert Ramos por 3 sets a 0, com triplo 6/1, nesta segunda-feira, para assegurar lugar na segunda rodada em Londres.

Caso conquiste seu sétimo título de Wimbledon, Federer irá igualar o recorde do norte-americano Pete Sampras. E, impulsionado por este objetivo, o atual tenista número 3 do ranking mundial está confiante de que poderá se redimir das últimas campanhas no Grand Slam inglês, no qual caiu nas quartas de final das duas edições anteriores.

Para completar, um eventual título desta edição de Wimbledon garantirá a Federer a retomada do ranking mundial, que hoje pertence ao sérvio Novak Djokovic, atual campeão da competição inglesa realizada em quadras de grama.

Com a vitória tranquila na estreia, Federer enfrentará na próxima fase o italiano Fabio Fognini, que nesta segunda derrotou o francês Michael Llodra por 3 sets a 1, de virada, com parciais de 3/6, 6/3, 6/4 e 7/5.

Para confirmar o seu favoritismo nesta segunda, o tenista suíço aproveitou oito de 18 chances de quebrar o saque de Ramos, que converteu um de apenas dois break points cedidos pelo seu adversário. Para completar, Federer obteve 33 winners e cometeu apenas dez erros não forçados, contra 21 do espanhol.

OUTROS JOGOS – Em outro duelo encerrado há pouco tempo em Wimbledon, o sérvio Janko Tipsarevic, oitavo cabeça de chave, venceu o argentino David Nalbandian por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 7/6 (7/4) e 6/2, e foi à segunda rodada. Com isso, ele se credenciou para encarar o norte-americano Ryan Sweeting, que nesta segunda contou com a desistência do italiano Potito Starace quando vencia o segundo set por 2 a 0, após ganhar a primeira parcial por 6/2.

Esse foi o primeiro jogo de Nalbandian desde quando ele foi punido pela ATP, que desqualificou o argentino durante a final do Torneio de Queen’s após o tenista lesionar um juiz de linha ao chutar uma placa publicitária em um momento de fúria durante o confronto diante do croata Marin Cilic, no domingo retrasado.

Outro que deu adeus ao torneio de simples de Wimbledon após desistir de seu confronto nesta segunda foi o francês Paul-Henri Mathieu, que deixou a quadra quando perdia para o seu compatriota Gilles Simon por 5 a 4 no segundo set, após cair por 6 a 3 na parcial inicial. Com isso, o 13.º cabeça de chave do Grand Slam se credenciou para encarar na segunda rodada o ganhador do duelo entre o belga Xavier Malisse e o australiano Marinko Matosevic.

O checo Radek Stepanek, o 28.º cabeça de chave, também foi beneficiado por uma desistência. No caso, a do ucraniano Sergiy Stakhovsky, que saiu de quadra quando perdia o segundo set por 1 a 0, após levar 6/1 no primeiro. Assim, ele se garantiu na segunda rodada, na qual enfrentará o Benjamin Becker, que nesta segunda superou o norte-americano James Blake, de virada, com parciais de 6/7 (4/7), 7/5, 6/0 e 6/4.