Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

F1: Em Interlagos, Grande Prêmio São Paulo bate recorde de público

Em três dias de evento, Autódromo José Carlos Pace recebeu mais de 180 mil pessoas; recorde anterior era da temporada de 2001

Por Alessandro Giannini Atualizado em 14 nov 2021, 17h44 - Publicado em 14 nov 2021, 17h43

Em seu retorno ao Autódromo José Carlos Pace, o Grande Prêmio de Fórmula 1 no Brasil, agora rebatizado com o nome da cidade de São Paulo, bateu recorde de público nos três dias do evento: 181 711 pessoas. É, de acordo com os organizadores, o maior da história. O recorde anterior pertencia à corrida de 2001, quando 174 mil pessoas vieram a Interlagos. Em 2019, 158 213 torcedores passaram pelo circuito.

Agora sob a direção do empresário carioca Alan Adler, o GP São Paulo realizou a prova da temporada de 2021 em um autódromo completamente reformado. Adler diz que, ainda assim, não está satisfeito. “Queremos reformar as arquibancadas e trazer mais público”, disse ele a um grupo de jornalistas antes da corrida deste domingo. “Com a tradição que o Brasil tem, não podemos ficar atrás de México e Estados Unidos.”

Neste domingo, 14, Lewis Hamilton, da Mercedes, venceu o GP São Paulo de F1, numa corrida emocionante. É sua sexta vitória na temporada e a terceira no circuito brasileiro – são 101 na carreira. Em primeiro no campeonato, o holandês Max Verstappen, da RBR, liderou a prova durante a maior parte do tempo, mas não conseguiu segurar a pressão e terminou em segundo. O finlandês Valtteri Bottas, companheiro de Hamilton na Mercedes, que largou na primeira posição, terminou em terceiro.

Publicidade