Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Estressado’, Mário Fernandes pede respeito a sua decisão

O lateral direito Mário Fernandes, do Grêmio, que se envolveu em uma polêmica nesta segunda-feira ao perder seu voo e não se apresentar ao técnico Mano Menezes, rejeitando a sua convocação à Seleção Brasileira, justificou a sua atitude na tarde desta terça-feira, por meio de um comunicado oficial de sua assessoria de imprensa.

No documento, o atleta agradece ao treinador da Amarelinha, e diz que sabe da importância de defender as cores do país, mas afirmou que não se vê em condições de dedicar-se a algo além do Grêmio no atual momento.

Segundo o jogador, no entanto, a opção por não disputar o amistoso desta quarta, contra a Argentina, pelo Superclássico das Américas, em Belém, se deu por motivos pessoais. ‘Estressado’, ele ainda pediu respeito à sua decisão.

Confira abaixo o comunicado na íntegra:

O jogador Mário Fernandes, do Grêmio, primeiramente agradece ao técnico Mano Menezes pela oportunidade de defender a camisa da Seleção Brasileira, para a 2partida contra a Argentina, válida pelo Superclássico das Américas.

O atleta faz questão de esclarecer que a sua não apresentação à Seleção Brasileira nesta segunda-feira (26), é em decorrência de problemas particulares responsáveis por uma alta carga de estresse no atleta. Dessa forma, o jogador não se encontra em condições psicológicas de se dedicar inteiramente à seleção nacional.

O jogador pede que sua decisão seja respeitada pelos torcedores, Imprensa e pessoas ligadas ao futebol.

Por fim, Mário Fernandes faz questão de reiterar o orgulho de vestir a camisa amarelinha e agradece novamente os companheiros de seleção, comissão técnica e em especial o técnico Mano Menezes.