Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Espérance, da Tunísia, vence Liga dos Campeões da África e vai ao Mundial

Por Da Redação 13 nov 2011, 14h56

Depois de um empate sem gols diante do Wydad Casablanca no Marrocos, o Espérance, da Tunísia, conquistou o título da Liga dos Campeões da África neste sábado, com uma vitória por 1 a 0 no estádio de Rades e, dessa forma, garantiu a penúltima vaga no Mundial de Clubes da Fifa que será disputado em dezembro, no Japão.

Depois de um jogo truncado e de muita marcação no meio-campo, principalmente pelo fato de que os dois times jogavam com três volantes, os tunisianos apostaram na habilidade de Harrison Afful que, aos 21 minutos do primeiro tempo, recebeu uma bola na ponta direita, penetrou a área marroquina e bateu colocado no ângulo.

Fundado em 1919, essa é apenas a segunda vez que o time conquista a competição continental – a primeira foi em 1994, quando o torneio ainda era disputado em outro formato e o Espérance bateu na final o Zamalek, do Egito.

Com oito títulos nacionais nos últimos onze anos, o clube vive uma fase de supremacia no futebol tunisiano e caminha para repetir o feito em âmbito continental, já que na última temporada também chegou a ser finalista da Liga dos Campeões da África, mas foi derrotado pelo Mazembe, do Congo.

Justamente na competição em que o time do carismático goleiro Kidiaba se tornou mundialmente conhecido ao bater o Inter por 2 a 0 nas semifinais, é que o Espérance tentará surpreender adversários como Barcelona e Santos, que já estavam previamente qualificados para o Mundial de Clubes.

O time tunisiano se junta, além de Barcelona e Santos, a Monterrey-MEX (campeão da Concacaf), Auckland City-NZE (campeão da Oceania), Al Sadd-CAT (campeão asiático) e o campeão japonês, país que sedia o torneio.

O Campeonato Japonês está em sua 32rodada de 34 e, no momento, o Kashiwa Reysol, comandado pelo brasileiro Nelsinho Baptista, é líder com 65 pontos, mas seguido de perto por Gamba Osaka e Nagoya Grampus, que têm 63 e 62, respectivamente. A competição está prevista para terminar no dia três de dezembro, cinco dias antes do início do Mundial.

Continua após a publicidade
Publicidade