Clique e assine a partir de 9,90/mês

Enquanto a diretoria trabalha, auxiliar Jairo Araújo assume o Dragão

Por Da Redação - 10 jul 2012, 09h53

O técnico Hélio dos Anjos entregou o cargo na tarde dessa segunda-feira e desde então a diretoria do Atlético-GO tem se movimentado para encontrar um nome para substituir o treinador no comando do time. Enquanto os dirigentes não chegam a um consenso, o auxiliar Jairo Araújo assume mais uma vez interinamente a equipe, para a sequência do Campeonato Brasileiro.

Confiante no trabalho do interino, a diretoria rubro-negra não determinou quanto tempo Jairo deve permanecer no comando da equipe. O diretor de futebol do clube, Adson Batista, declarou que o comando de um profissional que já possui contato direto com o grupo deve trazer confiança e tranquilidade aos jogadores e pode ser a esperança do Atlético-GO na competição, em que ocupa a lanterna, com apenas dois pontos conquistados em oito partidas.

Adson admitiu que a equipe está desequilibrada psicologicamente e que tem deixado ‘se envolver’ pelos adversários nas partidas. O diretor também cobrou vontade dos jogadores dentro de campo para que o time consiga deixar as últimas colocações, já que o rebaixamento já apavora os torcedores do clube.

‘É uma fase, precisamos nos recuperar, espero que os atletas comprem esta briga. Conversei com os jogadores e eles demonstraram muita vontade de melhorar, pois não somos tão ruins como tem sido falado’, declarou Adson ao ‘Portal 730’, de Goiânia.

Continua após a publicidade

Hélio dos Anjos deixou o Atlético-GO após uma péssima campanha: 0% de aproveitamento, tendo sofrido seis derrotas em seis partidas disputadas. Se sentindo humilhado pelos resultados, o treinador preferiu deixar o comando atleticano, mas foi isentado de culpa pela diretoria.

Publicidade