Clique e assine com até 92% de desconto

Empresário quer trazer etapa do Mundial de Rali para o Peru

Por Da Redação 27 dez 2011, 09h47

O presidente do comitê organizador do Rally Dakar no Peru, Eduardo Dibós, quer trazer para o país uma etapa do Mundial de Rali. Segundo o que ele afirmou nesta segunda-feira, a cidade de Cuzco, conhecido ponto turístico, pode sediar o evento.

‘Hoje a Federação Internacional de Automobilismo e os organizadores do Dakar sabem que o Peru organiza o rali e pensam: ?por que não dar a sede de uma etapa do Mundial ao Peru?’. É possível’, declarou o dirigente à agência de notícias estatal Andina.

Eduardo Dibós acredita que Cuzco tem a infraestrutura necessária para receber a prova. ‘Poderia ser em Cuzco, por ser uma zona turística e também por ter rotas para fazer um bom rali e por sua capacidade hoteleira. Mas é preciso ver as exigências da FIA, que são muito rígidas quanto ao nível e aos recursos da sede’, explicou.

O dirigente também prevê que a chegada de uma prova dessa proporção traga benefícios ao esporte no Peru, sobretudo no que diz respeito ao automobilismo. ‘Ainda há quem não dê muita importância ao rali, mas quando ele passar com força, essas pessoas ficarão impressionadas.’

Esta será a primeira vez que o Peru fará parte do roteiro do Rally Dakar, desde 2009, quando ele começou a ser disputado na América do Sul. A primeira parada em solo peruano está prevista para acontecer em Arequipa. Antes de chegarem ao destino final marcado para Lima, os participantes ainda irão passar por Nasca e Pisco.

No calendário do Mundial de Rali apenas uma das treze etapas passam pela América do Sul, o Rali da Argentina, realizado em Córdoba. No entanto, além do Peru, o Brasil também está interessado em tornar-se sede de uma das etapas.

Continua após a publicidade
Publicidade