Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em noite fria, Paraná vence o Boa e encosta no G-4

Por AE

Curibia – O Paraná está cada vez mais próximo do G-4, zona de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, no encerramento da nona rodada, o time curitibano venceu o Boa, por 2 a 0, no Estádio Durival de Britto, em Curitiba, e chegou ao quinto lugar.

O Paraná chegou ao sexto jogo sem derrota – quatro vitórias e dois empates – e assumiu o quinto lugar, com 15 pontos, no número de gols marcados: 14 a 11. Isto porque São Caetano e Joinville, que têm a mesma pontuação, também têm três gols de saldo. Já os mineiros seguem na zona intermediária, com 12 pontos, na décima posição.

Os times fizeram um primeiro tempo sem muitas emoções. Desde o começo, o Paraná conseguiu controlar a partida, tocando a bola no meio-campo, esperando um erro do adversário para chegar ao ataque. Enquanto isso, o Boa apostava em contra-ataques.

Aos 27 minutos, o zagueiro Alex Alves conseguiu quebrar o gelo da partida, mesmo sob frio de cerca de dez graus, ao desviar cobrança de escanteio de Wellington para o fundo das redes, abrindo o placar.

Na volta dos vestiários, os mandantes aproveitaram para matar o jogo. Luisinho recuperou a bola no campo de ataque, foi até a linha de fundo e cruzou. Artur entrou em velocidade, antecipou a marcação e desviou de cabeça.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, às 21 horas. O Paraná joga contra o Vitória, no Estádio do Barradão, em Salvador. Enquanto o Boa vai até Criciúma, enfrentar os donos da casa, no Estádio Heriberto Hulse.

FICHA TÉCNICA:

PARANÁ 2 X 0 BOA

PARANÁ – Luiz Carlos; Paulo Henrique, Anderson, Alex Alves e Fernandinho; Cambará (Alisson), Luisinho (Wendel Borges), Wellington e Lúcio Flávio; Wendel (Lucas Souza) e Artur. Técnico – Ricardinho.

BOA – Zé Carlos; Luis Felipe (Petros), Gabriel, Neylor e Radar; Claudinei, Éverton Hora (Higo), Radamés e Francismar; Vanger e Marcelo Macedo (Jonatas Obina). Técnico – Sidney Moraes.

GOLS – Alex Alves, aos 27 minutos do primeiro tempo, e Artur, aos 11 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Marcos Tadeu Pereira (MS).

CARTÕES AMARELOS – Claudinei, Radar, Everton Horas, Radamés e Neylor (Boa); Paulo Henrique e Luisinho (Paraná).

PÚBLICO – 2.901 presentes.

RENDA- R$ 27.530,00.

LOCAL – Estádio Durival de Brito, em Curitiba (PR).