Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em Madri, espanhóis tem fraco desempenho e apenas Verdasco triunfa

Atuando em casa, os tenistas espanhóis movimentaram o Masters 1000 de Madri na manhã desta terça-feira. Fernando Verdasco, Albert Montañes, Pablo Andújar e Albert Ramos entraram em quadra, mas apenas o primeiro conseguiu triunfar.

Em uma hora e vinte minutos, Verdasco venceu por 2 sets a 0 o uzbeque Denis Istomin, com parciais de 7/5 e 6/2, e assegurou vaga na segunda fase do torneio, onde enfrentará o colombiano Alejandro Falla, que superou o argentino Juan Ignacio Chela.

Para ganhar do adversário, o 19colocado do Ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) e 15cabeça de chave em Madri obteve o índice de 21 bolas vencedoras, dando poucas chances a Istomin, que ocupa a 45posição da ATP.

Já Pablo Andújar, que na última semana chegou as semifinais do ATP 250 de Belgrado, na Sérvia, sucumbiu diante de Alexandr Dolgopolov. Com parciais de 7/6 (5) e 6/4, o ucraniano, 20melhor tenista da atualidade, segundo a ATP, se impôs diante do espanhol, confirmou o favoritismo e, agora, duela com o italiano Andreas Seppi, que derrotou o francês Michel Llodra em sets diretos, parciais de 7/5 e 6/4.

Convidado pela organização da competição espanhola, Albert Montañes foi mais um atleta da casa que fracassou nesta terça-feira. O atleta perdeu em sets diretos para Marin Cilic, com duplo 6/3, e foi eliminado do torneio. Com este resultado, o croata enfrenta o oitavo cabeça de chave, John Isner.

Por último, o 39colocado da ATP, Albert Ramos, foi eliminado pelo surpreendente quali argentino Federico Delbonis, que superou o rival por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/5.