Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em jogo equilibrado, Peñarol e Universidad de Chile ficam no empate

O futebol ofensivo apresentado por Peñarol e Universidad de Chile nesta terça-feira agradou aos torcedores que compareceram ao estádio Centenário, em Montevidéu, mas não foi suficiente para que um dos lados saísse vitorioso. O equilíbrio demonstrado entre as duas equipes acabou levando o confronto para um empate por 1 a 1, que acabou não sendo proveitoso para nenhum dos dois times.

Buscando o resultado positivo, os uruguaios deram seu cartão de visitas logo aos dois minutos. Estoyanoff conseguiu se livrar da marcação com facilidade e aproveitou a desatenção chilena no início do duelo para chutar firme. A finalização acabou explodindo na trave do goleiro Herrera e inflou ainda mais a fanática torcida local.

O bom volume de jogo dos donos da casa foi finalmente recompensado aos 21 minutos do primeiro tempo. Freitas recebeu na meia-lua da área adversária e acertou um belo chute para inaugurar o marcador a favor do Peñarol.Entretanto, a vantagem no placar acabou prejudicando o rendimento dos uruguaios, que se acomodaram em campo e viram a rápida investida da La U resultar no empate do confronto. Aos 34 minutos, Junior Fernandes recebeu grande assistência dentro da área e acertou um bom chute cruzado, sem chances para Carini.

Na segunda etapa de jogo, o Peñarol não conseguiu aproveitar o embalo de sua torcida e ficou estagnado no meio-campo. A equipe continuava apresentando muita dificuldade para tocar a bola perto da área e concluir as jogadas ofensivas, o que foi decisivo para a boa atuação da Universidad de Chile na defesa.

A La U, por sua vez, conseguia ter um desempenho mais satisfatório em seu campo de ataque e chegou a pressionar os donos da casa durante um bom período do jogo. Entretanto, o time não acertou bons arremates para superar o experiente Carini e viu a maioria de suas finalizações sair pela linha de fundo.

Com o empate, o Peñarol conseguiu somar o seu primeiro ponto na Copa Libertadores, mas continuou ocupando a incômoda lanterna do Grupo 8 da competição. Já a Universidad de Chile chegou aos quatro no torneio continental e poderá ser ultrapassada caso o Godoy Cruz vença o líder Atlético Nacional, na próxima quinta-feira.