Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Em dia de treino sem Alex e Jorge Henrique, Chicão é única novidade

Por Da Redação 1 nov 2011, 10h46

O zagueiro Chicão voltou a treinar com bola na manhã desta terça-feira, em trabalho tático no CT Joaquim Grava, depois de ter sido internado na quinta passada com suspeita de pneumonia. Com dores musculares na coxa esquerda, o meia Alex seguiu em tratamento, enquanto o atacante Jorge Henrique, que foi substituído no domingo por conta de incômodo na coxa direita, passará por exame para saber se tem lesão.

Alex foi vetado da partida contra o Avaí por ter acusado uma fisgada no músculo reto da coxa esquerda durante a semana passada. Ele vai aproveitar a semana cheia para tentar se livrar das dores e entrar em campo no domingo que vem, diante do América-MG, em Uberlândia. A situação de Jorge Henrique, porém, é diferente. O atacante, que saiu de campo ainda no primeiro tempo, já não treinaria com bola por ter iniciado como titular no compromisso passado, mas terá que ser avaliado e corre risco de virar desfalque.

Chicão, por sua vez, ganhará nova oportunidade como titular depois de ter sido preterido em oito rodadas consecutivas do Campeonato Brasileiro. Antigo capitão, ele não atua desde o revés por 3 a 1 para o Santos, em 18 de setembro. Na partida seguinte, diante do São Paulo, ao saber que iria para o banco de reservas do Morumbi, pediu dispensa já na concentração e criou polêmica com a comissão técnica de Tite, perdendo espaço de vez para Paulo André e Leandro Castán.

O defensor justamente receberá nova chance porque os dois titulares do momento cumprirão suspensão – Paulo André levou o terceiro cartão amarelo, e Castán foi expulso. Chicão formará parceria inédita com Wallace, já que ambos concorriam por posição e jamais iniciaram juntos.

Com 58 pontos conquistados, o Corinthians aparece no primeiro lugar do campeonato, à frente do Vasco por mais vitórias. O duelo com o América será às 17 horas (de Brasília) de domingo.

Continua após a publicidade
Publicidade