Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dúvida, Roncaglia diz que Boca tem que passar por cima do Timão

Autor do gol do Boca Juniors na partida de ida da final da Libertadores, Facundo Roncaglia ainda não tem presença garantida no jogo decisivo, nesta quarta. O lateral-direito, porém, se mostrou muito confiante no triunfo argentino e na possibilidade de jogar.

Para Roncaglia, o Corinthians não sairá para o jogo e o é Boca quem terá de tomar a iniciativa da partida.

‘Eles vão se retrair e nós vamos ter que ser os protagonistas. Temos que passar por cima deles’, pregou.

O contrato entre o jogador e o clube se encerrou no último sábado, dia 30 de junho, e ele depende de um seguro contra qualquer lesão para poder jogar. Claudio Curti, representante do atleta, já exigiu à diretoria do Boca uma apólice para que o atleta, que vai para a Fiorentina depois da Libertadores, entre em campo.

Roncaglia, porém, fala como se já estivesse escalado para encarar o Corinthians.

‘Esta terça, voltei a treinar como sempre entre os titulares e, esta noite, me concentro’, declarou.

‘Eu tenho tudo acertado com a Fiorentina de palavra, mas não assinei nada. Mas não existe nenhuma chance de ficar no Boca’, continou o jogador, revelado nas categorias de base xeneize e com passagens também por Espanyol e Estudiantes.

Churrasco de despedida – Antes de deixar Buenos Aires, a equipe argentina realizou um almoço de confraternização. No cardápio, a tradicional parrillada porteña que reuniu todo do grupo xeneize. Até mesmo o técnico Julio César Falcioni participou do churrasco.

O Boca embarca para São Paulo na manhã desta terça-feira, às 10 horas (de Brasília). À noite está previsto um treino de reconhecimento do palco da decisão.

Corinthians e Boca Juniors decidem a Copa Libertadores de América nesta quarta, às 21h50 (de Brasília), no estádio do Pacaembu. Na partida de ida, as equipes empataram em 1 a 1. Qualquer nova igualdade, leva a partida para prorrogação e, se persistir, para os penaltis. Quem vencer leva o título.